Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Quando Marília Mendonça revelou ouvir Angra - e foi até chamada para feat

Cantora falecida em novembro de 2021 mostrou captura de tela em 2020 que trazia canção da banda de metal entre suas mais ouvidas

Marília Mendonça (Foto: Reprodução/Instagram) e Angra (Foto: Henrique Grandi)
Marília Mendonça (Foto: Reprodução/Instagram) e Angra (Foto: Henrique Grandi)

Falecida em novembro de 2021, aos 26 anos, Marília Mendonça não limitava seus gostos musicais ao sertanejo. A cantora também era fã de outros gêneros musicais - e até mesmo uma banda brasileira de metal fazia parte de sua playlist pessoal.

Em junho de 2020, a artista compartilhou pelo Twitter uma lista de músicas que estavam entre as suas mais ouvidas do mês anterior. O ranking estava dominado por sertanejo, mas havia canções do artista de neosoul Daniel Caesar, do rapper Don L, do funkeiro MC Niack e do grupo de power metal Angra.

No caso deste último citado, a faixa presente era “Bleeding Heart”, balada que ganhou uma versão em português do Calcinha Preta intitulada “Agora Estou Sofrendo” - também presente na lista. Confira abaixo.

Tanto o Angra quanto o vocalista que coescreveu e gravou a música, Edu Falaschi (integrante de 2000 a 2012), repercutiram o fato em suas redes sociais. A banda, pelo Twitter, chegou a sugerir uma parceria com a artista - que, infelizmente, nunca aconteceu.

Esse feat. precisa acontecer.

Em outra mensagem, os integrantes da icônica banda aproveitaram para brincar: "O gênero Sofrência Metal está prestes a nascer."

Por sua vez, Edu Falaschi celebrou o reconhecimento por parte da artista, que foi um dos maiores nomes do sertanejo nos últimos anos. “Muito bacana saber que a cantora Marília Mendonça tem escutado uma composição minha! Nunca imaginei que essa música alcançaria tantas pessoas quando compus a ‘Bleeding Heart’ pro Angra em 2001.”

Havia uma razão para a presença de “Bleeding Heart” - e “Agora Estou Sofrendo” - entre as mais ouvidas de Marília Mendonça. A versão em português da canção foi interpretada por ela em uma live no YouTube, realizada durante o início da pandemia.

Angra, “Bleeding Heart” e “Agora Estou Sofrendo”

Lançada no EP Hunters and Prey (2002) e na edição japonesa do álbum Rebirth (2001), “Bleeding Heart” ganhou, como já citado, uma versão em português do Calcinha Preta. “Agora Estou Sofrendo” segue o ritmo forró, mas sem abdicar da melancolia da composição original.

Pouco antes das restrições causadas pelo início da pandemia, Edu Falaschi chegou a receber Daniel Diau, vocalista do Calcinha, para uma participação em um show no Recife. Os dois misturaram trechos em inglês e português.

Outro grande artista fora do heavy metal a interpretar “Bleeding Heart” foi Gusttavo Lima. O cantor executou a versão em português em algumas lives no YouTube, realizadas já no período de pandemia. Em shows, também interpretou a faixa ao lado do Calcinha Preta.