Rage Against the Machine: Rádio toca 'Killing in the Name' por 18 horas seguidas

Rádio Kiss FM do Canadá está tocando "Killing in the Name" sem parar após demitir funcionários

Dimitrius Vlahos (sob supervisão de Eduardo do Valle) Publicado em 30/06/2022, às 09h49

None
Rage Against the Machine (Foto: Kevin Winter / Getty Images)

Rádio Kiss FM, de Vancouver (Canadá), está tocando Rage Against the Machine repetidas vezes desde a tarde de quarta, 29, segundo o Vancouver Sun. A faixa "Killing in the Name" é a única na programação da rádio nas últimas 18 horas.

Em vários momentos, os DJs interrompem o loop para receber pedidos. Em alguns casos, público requisitou "Killing in the Name" ou "alguma faixa do Rage Against." Em tom de brincadeira, locutores indicam que tocariam música "mais tarde". Ao pedir outra faixa, ouvintes são simplesmente ignorados e programação volta ao "normal."

+++ LEIA MAIS: Tom Morello volta a defender amizade com Ted Nugent: 'Importante manter diálogo com pessoas de quem você discorda'

Representantes da rádio não quiseram comentar. Segundo o Consequence, prática é conhecida como "stunting." Isso ocorre quando estação planeja mudar o formato e começa a tocar uma música de outro estilo ininterruptamente. A tática também foi usada por emissora latina de São Francisco, que tocou "Hot in Herre," do Nelly, por 72 horas para iniciar programação R&B. Kiss FM, até quarta, era voltada para o pop.

Funcionários, incluindo os DJs conhecidos do público canadense Sonia Sidhu e Kevin Lim, foram demitidos sob a justificativa de "não fazerem parte do próximo capítulo da Kiss." No Twitter, ouvintes alegaram possível protesto dos DJs que permaneceram na rádio ("Killing in the Name" é um protesto contra a brutalidade policial).

+++ LEIA MAIS: Acusado de privilégio branco, Tom Morello responde: 'Não sou branco'

Música ainda está sendo repetida na Kiss FM até a publicação desta matéria.