Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Wandinha: trilha sonora da série vai de Rolling Stones a Metallica

Lançada em novembro, Wandinha vai de Dua Lipa a Vivaldi, passando por composições originais

Redação Publicado em 28/11/2022, às 19h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Cena de Wandinha (Foto: Divulgação/ Netflix)
Cena de Wandinha (Foto: Divulgação/ Netflix)

[Atenção: O texto contém alguns spoilers da série Wandinha, da Netflix]

Uma das famílias mais bizarras e queridas do entretenimento, os Addams retornaram em Wandinha, nova produção da Netflix. Com direção de Tim Burton, a série tem feito sucesso desde que chegou ao streaming na última quarta-feira, 23, e sua trilha sonora também chamou bastante atenção.

Criada por Miles Millar e Alfred Gough, a produção acompanha Wandinha (Jenna Ortega) em suas novas aventuras na Escola Nunca Mais. Na instituição em que seus pais estudaram, a jovem Addams não apenas conhece novos colegas excluídos, como ainda se envolve em diversos casos misteriosos de assassinato.

+++ LEIA MAIS: Wandinha: Dança viral homenageia A Família Addams

Jenna Ortega como Wandinha (Divulgação)
Jenna Ortega como Wandinha (Divulgação)

Foram os veteranos Danny Elfman e Chris Bacon, então, que ficaram com a responsabilidade de selecionar a trilha sonora para uma trama bastante diferente da original. Isso porque, bem distante das outras produções sobre a Família Addams, a nova versão de Wandinhase passa nos dias atuais e, dessa forma, também exigia uma trilha sonora mais moderna.

+++LEIA MAIS: Wandinha: descubra como a série gravou trechos com Mãozinha

Confira todas as músicas da trilha sonora de Wandinha e os momentos em que elas aparecem: 

"Je Ne Regrette Rien", de Édith Piaf - Gravada em novembro de 1960, a faixa marca um dos primeiros momentos icônicos da narrativa. Em francês, a música acompanha a cena em que Wandinha despeja dois sacos cheios de piranhas na piscina da escola onde estudava, no primeiro episódio.

"In Dreams", de Roy Orbison - Lançada no disco In Dreams em 1963, a faixa é tocada e cantada por Mortícia e Gomez Addams, os pais de Wandinha, enquanto eles viajam até a Escola Nunca Mais.

"La Llorona", de Chavela Vargas - Em provável referência às origens latinas de Wandinha e da própria Jenna Ortega, a música de 1993 surge conforme a protagonista descobre que Mãozinha, o curioso integrante da Família Addams, foi deixado por Mortícia e Gomez para vigiá-la na Escola Nunca Mais.

Paint It, Black”, de The Rolling Stones - Hit do álbum Aftermath, de 1966, essa é a faixa tocada por Wandinha no violoncelo, mas em uma versão acústica do sucesso.

+++LEIA MAIS: Performance em Wandinha faz música de Lady Gaga viralizar

Don’t Worry, Be Happy”, de Bobby McFerrin - Sucesso atemporal do disco Simple Pleasures, de 2014, a faixa é apresentada pelo coral da Escola Nunca Mais, regido pela hipnotizante Bianca.

Space Song”, de Beach House - Lançada pela dupla norte-americana no disco Depression Cherry, de 2015, a música acompanha a cena em que os alunos da Escola Nunca Mais se encontram com os demais moradores de Jericho durante o discurso do prefeito da cidade.

Don’t Stop”, de Fleetwood Mac - Trilha sonora do momento em que a estátua de Crackstone é inaugurada no centro de Jericho, “Don’t Stop” foi lançada no disco Rumours, em 1977.

Winter”, de Vivaldi - Parte dos aclamados concertos “As Quatro Estações”, de 1725, a música clássica é interpretada por Wandinha no violoncelo enquanto os moradores de Jericho fogem diante da recém-inaugurada estátua de Crackstone em chamas — após o monumento ser explodido por Mãozinha.

Nothing Else Matters”, de Metallica/Apocalyptica - Produzida pela banda finlandesa Apocalyptica, a faixa é uma versão do sucesso lançado pelo Metallica em meados de 1991.

Tierra Rica”, de Carmita Jiménez - Lançada em 1961, a faixa toca nos primeiros minutos do quarto episódio da série, logo depois da abertura oficial de Wandinha.

+++LEIA MAIS: Wandinha, da Netflix, terá 2ª temporada? Criador explica

It’s A Shame (feat. Pink Feathers)”, de RAC - Lançada no álbum EGO, de 2017, a faixa embala o começo do baile Rave’N, um dos eventos mais esperados pelos alunos da Escola Nunca Mais.

The Beginning”, de Magdalena Bay - Uma das faixas mais recentes da trilha sonora, a música do álbum Mercurial World, lançado em 2021, toca enquanto Enid conversa com Lucas durante o Rave’N.

Goo Goo Muck”, de The Cramps - Punk lançado no álbum Psychedelic Jungle, de 1981, a faixa toca no aclamado momento em que Wandinha mostra seus passos de dança favoritos para Tyler no Rave’N.

Physical”, de Dua Lipa - Premiada na categoria de Melhores Efeitos Especiais no MTV VMA, “Physical” é a música responsável por atrair todos os alunos da Escola Nunca Mais para a pista durante o Rave’N.

La Mamma Morta”, de Umberto Giordano - Dramática ópera composta em 1896, o clássico acompanha o momento angustiante em que litros de tinta vermelha são despejados sobre os estudantes da Escola Nunca Mais no final do Rave’N, graças à pegadinha de Lucas e seus amigos.

+++LEIA MAIS: Tim Burton elogia atuação de Jenna Ortega em Wednesday: 'Não consigo imaginar outra Wandinha'

Sciuri Sciura”, de Blonde Redhead - Lançada em 1994, a faixa acompanha uma importante descoberta de Wandinha, no momento em que ela e Mãozinha deparam-se com Xavier pintando um quadro.

Concerto para violoncelo, Opus 85”, de Edward Elgar - Composta por Elgar logo após o final da Primeira Guerra Mundial, a melodia melancólica é tocada pela pintura de Wandinha depois que Xavier apresenta seu trabalho para a protagonista no ateliê de artes improvisado.

If I Be Wrong”, de Wolf Larsen - Lançada no álbum Quiet at the Kitchen Door, de 2011, a faixa embala a triste cena do funeral do prefeito Walker, morto após ser atropelado por um carro.

Perfect Day”, de Hoku - Mundialmente conhecida por integrar a trilha sonora do clássico Legalmente Loira, de 2001, a faixa toca na série justamente porque Tyler apresenta o filme para Wandinha.

Flight of the Bumblebee”, de Nikolai Rimsky-Korsakov - Composto em meados de 1900, o interlúdio orquestral da ópera The Tale of Tsar Saltan tem o objetivo de simular musicalmente o padrão de vôo de um zangão e, por isso, é o toque que Enid escolheu para todas as ligações de Eugene.

+++LEIA MAIS: Wandinha é um reboot dos filmes da Família Addams? Produtores respondem


É interessante pontuar que, muito além das músicas de outros artistas que embalam a série, os responsáveis pela trilha sonora da produção também criaram faixas originais para cada momento da trama. Confira, abaixo, as 48 faixas criadas por Danny Elfman e Chris Bacon para Wandinha: