29 anos após a morte do ícone: veja o que aconteceu com os amores da vida de Freddie Mercury

O vocalista do Queen teve figuras notáveis que o acompanharam ao longo da vida — tendo acesso a parte de uma imensa fortuna

WALLACY FERRARI Publicado em 24/10/2020, às 17h00

None
Freddie Mercury (foto: AP/ Gill Allen)

Sendo um ícone da música pelas composições marcantes e presença de palco enérgica, Freddie Mercury enxergou a carreira como uma oportunidade para deixar de lado a timidez e enfrentar problemas sociais como a relação familiar e, principalmente, sua sexualidade. Com relacionamentos discretos durante a juventude, o brilho da exposição acabou revelando alguns de seus companheiros.

+++ LEIA MAIS: O maior segredo guardado pela ex-noiva de Freddie Mercury

Um dos primeiros amores do mesmo sexo seria o executivo da Elektra Records, David Minns, que acompanhava o Queen. Ambos se conheceram durante o lançamento do terceiro disco do conjunto e iniciaram o romance gay que perdurou até 1977. Juntos, promoveram o álbum internacionalmente e David teve a oportunidade de ver o cantor se tornar uma estrela.

O relacionamento acabou de maneira quando o executivo descobriu uma traição do músico; Freddie se envolveu com o chefe de cozinha Joe Fanelli durante uma turnê pela América do Norte. Se o vocalista perdeu um companheiro, ganhou outro; Joe passou a ser o cozinheiro particular em sua mansão até os dias finais de sua vida — mesmo sendo "só um lance".

+++ LEIA MAIS: Bizarrice e briga por lhama: A curiosa amizade de Michael Jackson com Freddie Mercury

Maior companheiro da vida

O principal companheiro do mesmo sexo de Freddie apareceu em sua vida na década de 1985, durante uma noitada. Juntos em uma boate gay, Jim inicialmente não deu bola para o cantor, visto que estava engajado em um relacionamento. 18 meses depois, já solteiro, ambos formaram um casal que, em menos de um ano, morava na mesma residência.

Usavam um anel de compromisso, que acompanhou o casal até os dias finais de Freddie.

+++ Leia a matéria completa no site da AVENTURAS NA HISTÓRIA, parceiro da Rolling Stone Brasil e Grupo Perfil


+++ XAMÃ: ‘SE VOCÊ NÃO SENTE NADA COM UMA MÚSICA, É PORQUE TEM ALGUMA COISA ERRADA' | ROLLING STONE BRASIL