6 curiosidades sobre Anya Taylor-Joy: primeiro beijo, maior medo e mais [LISTA]

Atriz famosa por O Gambito da Rainha e Emma completou 25 anos nesta sexta, 16 de abril

Marina Sakai (sob supervisão de Isabela Guiduci) Publicado em 16/04/2021, às 18h22

None
Anya Taylor-Joy (Foto: Jon Kopaloff / Getty Images)

Apesar de ser jovem, Anya Taylor-Joy participou de grandes produções como Fragmentado (2016), A Bruxa (2015) e Emma (2020). A atriz teve o grande destaque da carreira, no entanto, interpretando Beth Harmon em O Gambito da Rainha (2020), minissérie de maior audiência da história da Netflix. Chegou a 62 milhões de visualizações mundo afora nos primeiros 28 dias após a estreia, segundo informações do The Hollywood Reporter.

Em 2020, ganhou o primeiro Globo de Ouro como Melhor Atriz em Minissérie ou Filme para TV. A artista também foi incluída na lista de 100 pessoas mais influentes da Revista Time em fevereiro de 2021.

+++LEIA MAIS: O caminho de Anya Taylor-Joy aos holofotes: De A Bruxa até O Gambito da Rainha [LISTA]

Nesta sexta, 16 de abril, Anya Taylor-Joy completou 25 anos. Para comemorar a data, listamos seis curiosidades sobre a atriz:


Origens

Anya é uma cidadã do mundo. Nasceu em Miami, nos Estados Unidos, mas logo se mudou para Buenos Aires, Argentina, onde aprendeu a falar espanhol fluentemente.

+++LEIA MAIS: Anya Taylor-Joy sobre sucesso de O Gambito da Rainha: ‘Vou entender em 5 anos’

Aos seis anos, a família inteira foi para a Inglaterra, onde a atriz passou a adolescência.
Revoltada com a mudança de país, passou dois anos sem falar inglês, na esperança da família mudar de ideia e retornar à Argentina.


Começo da carreira

A primeira audição da carreira foi para interpretar a jovem Angelina Jolie em Malévola (2014). Curiosamente, foi a primeira experiência da atriz com rejeição, e ela contou como “chorou muito” após não ser aprovada para o papel.

+++LEIA MAIS: Anya Taylor-Joy revela o que gostaria de ver na 2ª temporada de O Gambito da Rainha


Primeiro beijo

O primeiro beijo de Anya foi aos 14 anos em uma cama elástica. A atriz descreveu como "perfeito". Já a primeira experiência nas telas não foi tão romântica. Durante as filmagens de Fragmentado (2016), James McAvoy (Kevin), responsável por interpretar o sequestrador de Anya, lhe dá um beijo e ela fica com os olhos abertos durante todo o tempo.


Inspiração

Saoirse Ronan, de Lady Bird: A Hora de Voar (2017) e Adoráveis Mulheres (2019), é uma das maiores inspirações para Anya, como ela contou em entrevista à W Magazine. Era, especialmente, uma ídola de infância devido ao papel em Um Olhar do Paraíso (2009).

+++LEIA MAIS: Anya Taylor-Joy assistiu trilogia inteira de O Senhor dos Anéis no Natal

No aniversário de 20 anos de Anya, os pais dela a levaram para ver As Bruxas de Salém (2016) na Broadway, peça na qual Saoirse atuava na época. As duas atrizes se conheceram e Anya descreveu o dia como "o melhor aniversário de todos."


Maior medo

Apesar de não ser claustrofóbica, um dos medos irracionais de Anya são portas giratórias. Fica preocupada com não conseguir atravessar a tempo e tem medo de se machucar, como revelou na mesma entrevista àW.

+++LEIA MAIS: O Gambito da Rainha é a minissérie mais assistida da história da Netflix


Papel dos sonhos

Se pudesse interpretar qualquer papel do cinema, Anya Taylor-Joy escolheria Penny Lane, de Quase Famosos (2000). A groupie e ícone de estilo dos anos 1970 foi eternizada por Kate Hudson e inspirou Anya pelo estilo de vida livre, embora a personagem tenha um passado complicado.


+++ HAIKAISS | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL