Como Bob Dylan virou improvável ‘garoto propaganda’ da Victoria’s Secret nos anos 2000 [FLASHBACK]

O ícone folk estrelou um comercial da marca de lingerie ao lado da modelo Adriana Lima

Julia Harumi Morita | @the_harumi Publicado em 28/01/2021, às 16h38

None
Bob Dylan (Foto: Landmark / MediaPunch / IPX)

No início dos anos 2000, Bob Dylan acumulava quatro décadas de carreira, nove estatuetas do Grammy e… um comercial da Victoria’s Secret no currículo. Sim, o ícone folk virou um improvável “garoto propaganda” da marca de lingerie e estrelou um comercial ao lado da modelo brasileira Adriana Lima em 2004. Mas, por que? 

De acordo com o Entertainment Weekly, tudo começou com um convite da empresa, que já tinha usado a música de Dylan em alguns comerciais e queria repetir a fórmula. “Tínhamos feito alguns comerciais no ano anterior com a música de Dylane eles tiveram uma ótima resposta”, disse Ed Razek, diretor criativo da empresa, em entrevista ao San Francisco Chronicle na época.

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

Razek ainda contou que o CEO da Victoria's Secret, Les Wexner, foi quem teve a ideia de convidar Dylanpara a propaganda. A sugestão foi considerada “incrivelmente ousada”, afinal, o músico nunca tinha feito uma propaganda antes, segundo o Today

Mas, para surpresa de todos, o artista aceitou a proposta e logo partiu para Veneza para as gravações. No clipe, Dylan caminha por um palácio e deixa um chapéu cair no chão para Lima pegá-lo. Toda a cena acontece ao som de “Love Sick”, do disco Time Out of Mind (1997). 

+++LEIA MAIS: George Harrison e Bob Dylan tocaram 'Just Like a Woman' juntos em um show beneficente em 1971; assista

Após a exibição do comercial, Razek confessou que não sabia o motivo de Dylan ter aceitado a proposta inusitada. “Não posso especular sobre motivos dele, nunca conversei com ele sobre o motivo de sua decisão de ir à festa, mas ele veio”, disse o diretor para a Today.

Curiosamente, Dylan foi questionado sobre qual produto seria capaz de aumentar as vendas dele, em 1965. E o músico respondeu: roupas íntimas femininas.

Assista o trecho da entrevista de Dylan, na qual o músico diz que roupas íntimas femininas ajudariam ele a vender mais, e o comercial da Victoria’s Secret:


+++ OS PIORES FILMES DE 2020 | ROLLING STONE BRASIL