Corey Taylor reage às notícias de que foi demitido do Slipknot

O vocalista teria sido afastado da banda após percussionista ganhar processo

Redação Publicado em 02/04/2019, às 11h25

None
Corey Taylor (Foto:Amy Harris/Invision/AP)

Na última segunda, dia 1º de abril, muitas notícias circularam pela internet afirmando que Chris Fehn, ex-percussionista do Slipknot, teria vencido o processo que abriu contra a banda e consequentemente demitido Corey Taylor.

Pouco tempo depois de pegar todos os fãs de surpresa, vocalista manteve a calma e tuitou sua reação diante da informação: "Que dia será que é hoje..."

No fim das contas, a notícia era apenas uma brincadeira do dia da mentira, publicada inicialmente pelo site Ultimate Guitar, que citava como fonte oficial a Reuters, mas já declarou que nada era verídico.

O que continua sendo verdade, porém, é a ação judicial. Fehn realmente processou a banda, e alega que os outros integrantes do Slipknot utilizaram seis companhias para receber US$ 143 milhões em royalties e produtos oficiais, sem que o percussionista soubesse.

Joel B. Rothman, advogado do músico, alegou em um comunicado que seu cliente foi enganado a achar que todos os membros "eram tratados iguais".

O guitarrista do grupo chamou Fehn de inútil, e Taylor também reagiu às críticas pela decisão de afatá-lo da banda.

O sexto álbum de estúdio do Slipknot será lançado no dia 9 de agosto.