Demi Moore revela ter sofrido abuso sexual com permissão da mãe aos 15 anos

A atriz relembrou no programa Good Morning America os momentos trágicos que viveu

Redação Publicado em 24/09/2019, às 11h06

None
Demi Moore (Foto: Richard Shotwell/Invision/AP)

Demi Moore revelou que a própria mãe permitiu que ela fosse abusada sexuamente aos 15 anos de idade. A declaração foi feita no programa norte-americano de TV, Good Morning America, em que a atriz expôs detalhes de alguns momentos trágicos vividos por ela e que serão narrados na autobiografia intitulada de Inside Out, que será lançada em breve.

Quando mais nova, a artista era obrigada acompanhar a mãe alcoólatra nos bares para atrair a atenção de homens, que frequentemente iam para a casa delas. Em um desses episódios, a mãe permitiu que um homem tivesse relação sexual forçada com ela por US$ 500.

"Foi um estupro. E uma traição devastadora, revelada pela pergunta de um homem cruel: 'Como é ser prostituída pela própria mãe por US$ 500'?", contou a atriz.

+++ Leia Mais: Porta-voz de Demi Moore alega “exaustão” como a causa da internação da atriz

Apesar do homem afirmar ter recebido dinheiro, Demi confessou não acreditar que a mãe a tenha vendido objetivamente. "Eu acho, do fundo do meu coração, que não. Eu não acho que foi uma transação direta. Mas, mesmo assim, ela deu permissão e me colocou no caminho do mal".

Demi ainda falou do convívio com a mãe e relembrou da primeira vez que teve de agir para salvá-la da tentativa de suicídio, aos 12 anos. A situação iria se repetir diversas vezes no futuro e, segundo a atriz, foram responsáveis por acabar com a infância dela.

"Eu lembro de usar meus dedos, os dedos pequenos de uma criança, para tirar as pílulas da boca dela, que minha mãe tentou engolir", a atriz escreveu no livro.

A vida da artista também foi marcada por episódios de vício em álcool e drogas em 1980, quando teve que ir para a reabilitação em 2012, quando se divorciou do ator Ashton Kutcher. Segundo o The New York Times, ela também já foi hospitalizada após de fumar cannabis sintética e inalar óxido nitroso.

"Eu suponho que a questão fundamental que veio até mim foi: como eu cheguei até aqui? [...] Eu me ceguei e me perdi de mim mesma", disse a atriz.

Por fim, Demi falou que está emocionada e ainda 'muito vulnerável' com o lançamento da autobiografia, que dedicou à mãe falecida em 1998.