Dividindo a exposição midiática: a intensa amizade de Michael Jackson com Elizabeth Taylor

Além de acompanhar a estrela em diversos eventos de gala, o Rei do Pop vivenciou diversos momentos íntimos com a atriz de Cleópatra

WALLACY FERRARI Publicado em 19/10/2020, às 15h38

None
Michael Jackson abraça Elizabeth Taylor em fotografia pessoal - Divulgação/Facebook/Michael Jackson - Then, Now and Forever in Our Hearts/12.09.2020

Em dezembro de 1984, a comentada turnê Victory, protagonizada por Michael Jackson ao lado dos irmãos, estava em sua reta final. Revisitando clássicos do Jackson 5 com músicas do álbum Thriller, os Jacksons se apresentariam no Dodger Stadium.

A atriz Elizabeth Taylor não queria perder a oportunidade. Comprou logo quatorze ingressos VIPs para acompanhar o concerto com amigos e seguranças.

+++ LEIA MAIS: Tratamento contra acne e mutilação genital: A suposta castração química de Michael Jackson

A experiência, no entanto, foi frustrante; de acordo com a intérprete de Cleópatra, “teria sido melhor assistir na TV”, visto que era muito distante do palco. Antes mesmo do fim do show, a artista decidiu sair da arena, desistindo de acompanhar a apresentação.

Quando soube disso, Michael Jackson ficou arrasado e decidiu conversar diretamente com a atriz. Após horas consultando profissionais da vida pública, conseguiu o telefone de Taylor, ligando no dia seguinte.

+++ LEIA MAIS: Quando Michael Jackson realmente se tornou Michael Jackson

 Michael  fez o contato e pediu desculpas para a atriz, que não apenas perdoou o rapaz, mas continuou a conversa por mais três horas. Foi o início de uma das amizades mais sucintas da história da fama, com ligações prosseguindo ao longo dos meses.

+++ Leia a matéria completa no site da Aventuras da História, parceiro da Rolling Stone Brasil e Grupo Perfil


+++ OROCHI | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL