Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / premiação

Em meio a acusações de assédio sexual, Diddy não comparecerá ao Grammy em 2024

Nos últimos meses, quatro mulheres processaram o rapper, o que levou a academia a avaliar se convidaria o rapper para a cerimônia

Sean Combs Sean
Sean Combs Sean

Um representante de Sean Combs, o Diddy, confirmou ao Hollywood Reporter que o rapper não comparecerá à cerimônia de premiação do Grammy em 2024. O nome do artista está no centro de quatro processos de assédio sexual abertos contra ele nos últimos meses.

Diddy foi indicado na categoria de Melhor Álbum de R&B Progressivo pelo projeto de 2023, The Love Album: Off The Grid. Pouco tempo depois do anúncio dos concorrentes, o rapper foi acusado de agressão sexual pela cantora Cassie. Os dois resolveram a questão com um acordo que não foi divulgado.

+++LEIA MAIS: Sean 'Diddy' Combs se pronuncia sobre acusações de estupro: 'Já basta'

Posteriormente, mais três mulheres acusaram o rapper do mesmo crime. Uma delas teria sido estuprada por Combs e pelo produtor Harve Pierre quando tinha 17 anos. O Grammy costuma convidar os indicados logo após a divulgação dos nomeados, mas há cerca de um mês a organização do evento disse estar avaliando o convite o rapper.