Freddie Mercury conheceu namorado com pergunta indiscreta em bar gay

Casal ficou junto por cerca de seis anos, até a morte do astro do Queen

Redação Publicado em 29/04/2019, às 15h57

None
Freddie Mercury, ex-frontman do Queen (Foto: Ap)

Em 1985, Freddie Mercury conheceu um de seus grandes amores da vida: Jim Hutton. Os dois começaram a namorar alguns meses depois de se conhecerem, e ficaram juntos até a morte de Mercury, em 1991. Nesses seis anos, moraram juntos. Não puderam se casar por motivos legais, mas usavam alianças de casamento.

+++ SOLTA O RIFF! Rolling Stone Brasil vai premiar o melhor riff do Instagram com prêmios exclusivos; participe!

Apesar de toda a história de amor, o primeiro encontro dos dois não aconteceu de maneira delicada, e muito menos romântica. Foi em em março de 1985, no bar gay chamado Heaven, em Londres. Jim estava sentado no bar, bebendo, quando o astro do Queen se aproximou e ofereceu uma bebida.

Hutton negou e perguntou, no lugar, o que Mercury queria beber. “Uma vodka grande”, ele disse. E então, olhou para o (na época) estranho no bar e perguntou: “quão grande é o seu p**?”.

+++ Freddie Mercury queria ser enterrado em segredo para não ser desenterrado por fãs depois 

A frase “charmosa” não funcionou imediatamente. Naquele momento, Hutton já tinha um namorado e recusou a investida. Mas poucos meses depois, foram morar juntos na mansão de Mercury. Durante muito tempo, mantiveram o relacionamento em segredo, e Jim trabalhava como jardineiro do local. “Ele devia ficar preocupado sobre como sair do armário o afetaria profissionalmente, mas ele não dizia isso. Mas ambos acreditávamos que nossa relação [e sexualidade] era assunto nosso”, explicou Hutton.

O relacionamento durou até o fim, mesmo após Mercury revelar ser soropositivo e o fato de ser gay para o mundo. “A última conversa que tivemos aconteceu alguns dias antes de ele morrer. Eram seis da manhã. Ele queria olhar para suas pinturas. ‘Como eu vou descer?’ ele perguntou. ‘Vou carregá-lo’, eu disse. Mas ele caminhou sozinho, segurando o corrimão. Fiquei na frente para ter certeza que não cairia", relatou Jim para o Sunday Times. 

+++ Guitarrista do Queen revela hobby favorito de Freddie Mercury

"Levei uma cadeira para a porta, sentei-o e acendi os holofotes, que iluminavam cada foto. Ele disse: “Oh, eles são maravilhosos”. Eu o levantei e levei para a cama. Ele disse: “Nunca percebi que você era tão forte como é." concluiu. 

+++ Mano Brown, Parangolé e Arctic Monkeys: Rincon Sapiência escolhe os melhores de todos os tempos em 1 minuto