Há 14 anos, Madeleine McCann desapareceu em Portugal; relembre mistério conhecido mundialmente [FLASHBACK]

O caso ficou que ficou conhecido internacionalmente começou em 3 de maio de 2007, dia do sumiço da criança

Camilla Millan Publicado em 03/05/2021, às 20h14

None
Madeleine McCann (Foto: Reprodução)

Em 3 de maio de 2007, a britânica Madeleine McCann desapareceu na Praia da Luz, Algarve, Portugal, onde passava as férias com a família. A garota de 3 anos foi deixada com os irmãos no quarto enquanto os pais foram jantar a poucos metros do local - e o que chama atenção do caso é o mistério do sumiço.

Os pais da criança verificavam o quarto de meia em meia hora para checar se os filhos estavam bem. Entre 21h30 e 22h00, Madeleine não estava mais na cama e a janela do cômodo estava aberta. Os outros irmãos continuavam dormindo.

+++LEIA MAIS: 3 motivos para assistir (e 3 para não assistir) Cena do Crime: Mistério e Morte no Hotel Cecil [LISTA]

Quando notou o sumiço de Madeleine, um amigo da mãe Kate McCann avisou o gerente do estabelecimento, que falou com a polícia. Os oficiais chegaram ao local uma hora depois, e 23h50 começaram as buscas com cães, helicópteros, veículos, bombeiros e lanchas.

Em pouco tempo, o caso ganhou repercussão internacional. Foram necessárias apenas duas horas para o jornal britânico The Daily Telegraph publicar sobre o desaparecimento da menina. Nos dias seguintes, celebridades como Cristiano Ronaldo e David Beckham fizeram apelos públicos para incentivar a divulgação de informações sobre Madeleine McCann

+++LEIA MAIS: 4 motivos para assistir Night Stalker se você é fã de true crime [LISTA]

Até o momento, 2,6 milhões de libras esterlinas foram angariadas para recompensa caso a menina seja devolvida aos pais. O caso é tão emblemático que se transformou em série da Netflix lançada em 15 de março de 2019 - e a produção conta com diversas entrevistas e detalhes da investigação.

Contudo, 14 anos se passaram do desaparecimento e ainda não há uma solução. Recentemente, novas informações podem ter direcionado os investigadores para um desfecho do caso, mas ainda não é certo.

+++LEIA MAIS: Por que a cultura pop tem obsessão por serial killers? [ANÁLISE]

Em 3 de junho de 2020, a Scotland Yard (central da Polícia Metropolitana de Londres) relatou como suspeito um homem alemão de 43 anos que teria viajado em uma van pela região de Portugal onde Madeleine e a família estava de férias. 

Segundo as investigações, o suspeito Christian Brueckner teria falado, durante conversa on-line com outro pedófilo, ter sequestrado, estuprado e matado a garota quando ela tinha 3 anos. As informações ainda não foram confirmadas.

Apesar de se tornar um dos casos de desaparecimento mais emblemáticos do mundo, há diversas críticas sobre a repercussão internacional. Alguns veículos atribuem a proporção do caso à raça e situação socioeconômica de Madeleine, que ganhou mais atenção do que diversos outros casos envolvendo filhos de emigrantes e crianças portuguesas, por exemplo.


+++ KONAI | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL


+++LEIA MAIS: 4 séries documentais de true crime na Netflix para quem gostou de Cena do Crime: Mistério e Morte no Hotel Cecil [LISTA]

No dia 11 de fevereiro, a Netflix disponibilizou no catálogo a série documental Cena do Crime: Mistério e Morte no Hotel Cecil, sobre o desaparecimento da estudante Elisa Lam. Com muito suspense e investigação, a produção ficou em evidência na plataforma de streaming, mas não é a única.

O gênero de true crime (ou crime real, em português) é um grande queridinho de diversos espectadores interessados em situações verdadeiras que envolvem crimes, desaparecimentos e investigações policiais.

+++LEIA MAIS: 3 motivos para assistir (e 3 para não assistir) Cena do Crime: Mistério e Morte no Hotel Cecil [LISTA]

No catálogo da Netflix é possível encontrar diversas produções que abordam situações reais de crimes, investigações complexas e situações chocantes. Além de Cena do Crime: Mistério e Morte no Hotel Cecil; confira outras 4 séries documentais de true crime na plataforma de streaming:

Jeffrey Epstein: Poder e Perversão

A série documental Jeffrey Epstein: Poder e Perversão mostra relatos das vítimas de Epstein, assim como os traumas emocionais das mulheres estupradas por ele ao longo de décadas de crime.

+++LEIA MAIS: 5 séries de crime de 2020 que você provavelmente não assistiu na Netflix

Além dos relatos, a produção acompanha as investigações e julgamentos, desembocando no dia da morte dele, em 2019, e revelando o esquema internacional de Epstein para traficar mulheres ao redor do mundo.


A Mente do Assassino: Aaron Hernandez

Como um jogador de futebol americano consegue se transformar em um assassino? Esta série documental acompanha Aaron Hernandez, o atleta que tinha tudo para dar certo, até se envolver no homicídio de Odin Lloyd.

+++LEIA MAIS: Por que a cultura pop tem obsessão por serial killers? [ANÁLISE]

A produção acompanha a história de Hernandez, desde a infância repleta de abusos até o fascínio pelo universo das gangues e o coportamento violento do atleta, que só piorou ao longo dos anos. 


Condenados pela Mídia

Lançada em 11 de maio de 2020, a série documental propõe uma reflexão sobre o papel da mídia na cobertura de caros reais de crimes. A produção aborda a forma que a cobertura de julgamentos e investigações acabou transformando-os em verdadeiros espetáculos midiáticos - e o quanto isso influencia a opinião pública. 

+++LEIA MAIS: Dália Negra: a história real do assassinato que nunca foi resolvido - e foi adaptado para o cinema


O Desaparecimento de Madeleine McCann

A série documental de março de 2019 destrincha a investigação por trás do desaparecimento de Madeleine McCann, um dos casos mais famosos do mundo envolvendo uma criança desaparecida. 

Com entrevistas, recortes e reconstituição de cenas, a série documental se parece, em formato, com Cena do Crime - Mistério e Morte no Hotel Cecil, aprofundando-se na investigação do sumiço da criança inglesa.