Pulse

Sniper Americano bate O Resgate do Soldado Ryan e se torna o filme de guerra com maior arrecadação da história

Sucesso do diretor Clint Eastwood superou a marca de US$ 500 milhões em bilheteria

Redação Publicado em 10/03/2015, às 16h12 - Atualizado às 19h09

Sniper Americano
Reprodução

O filme Sniper Americano, que retrata a história real de um soldado que se tornou herói por acumular vítimas na Guerra do Iraque, é o longa-metragem do gênero com maior arrecadação na história.

Polêmico, Sniper Americano é mais uma história sobre os guerreiros calados e solitários da filmografia de Clint Eastwood.

A obra do diretor Clint Eastwood (Menina de Ouro ) foi além da marca de US$ 500 milhões de bilheteria (mais de R$ 1,5 bilhão) e superou O Resgate do Soldado Ryan, de Steven Spielberg, vencedor de cinco prêmios Oscar, em 1999, e até então o recordista dentre tramas de guerra.

Assassino do personagem que inspirou Sniper Americano é condenado à prisão perpétua.

Sniper Americano venceu apenas um Oscar de uma categoria técnica, Melhor Edição de Som, e dividiu opiniões nos Estados Unidos, sendo para muitos uma exaltação a um período nebuloso e sangrento da história do país. Outros acreditam que a arte de Eastwood e a boa atuação do protagonista Bradley Cooper (O Lado Bom da Vida) se sobrepõem à discussão política.

Oscar 2015: Birdman é o Melhor Filme, Boyhood decepciona e O Grande Hotel Budapeste surpreende com prêmios periféricos.

O fato é que o filme arrecadou US$ 337,2 milhões somente nos Estados Unidos, tornando-se o campeão de 2014 por lá, à frente de Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1.