It - A Coisa: Vítima de serial killer que inspirou personagem é identificada após 45 anos

O serial killer John Wayne Gacy ficou conhecido como “palhaço assassino” e inspirou o livro It - A Coisa, de Stephen King

Redação Publicado em 26/10/2021, às 12h28 - Atualizado em 31/10/2021, às 19h00

None
Serial Killer John Wayne Gacy em roupa de palhaço (Foto: Reprodução)

Quase meio século após os crimes do serial killer John Wayne Gacy, conhecido como “palhaço assassino”, a vítima Francis Wayne Alexander foi identificada. Na época, o jovem tinha cerca de 21 anos — e foi uma das mais de 30 pessoas mortas pelo criminoso.

Conforme noticiou a Sky News (via Revista Monet), o serial killer John Wayne Gacy aterrorizou os Estados Unidos na década de 1970, e matou 33 pessoas. Francis Wayne Alexander foi identificado como uma das vítimas do criminoso 45 anos após o assassinato.

+++LEIA MAIS: Zodíaco: Assassino que inspirou filme com Mark Ruffalo e Robert Downey Jr. é identificado 50 anos depois

Não há muitas informações sobre o jovem, mas foi divulgado que Francis morreu entre 1976 e início de 1977, pouco tempo após se divorciar. Os restos mortais dele estavam entre os 26 corpos que a polícia encontrou em um vão sob a casa de Gacy.

vítima serial killer pahaço assassino
Francis Wayne Alexander (Reprodução)

 

Segundo o G1, o criminoso atraía as vítimas, entre jovens e crianças, para casa — onde as matava e enterrava. Todos os conjuntos mortais achados na propriedade e não identificados foram exumados em 2011 e o xerife do condado de Cook, Tom Dart, pediu para que as famílias de quaisquer pessoas desaparecidas na época dos crimes do serial killer enviassem DNA para a polícia.

+++LEIA MAIS: Por que a cultura pop tem obsessão por serial killers? [ANÁLISE]

Apesar do trabalho da polícia, a identificação foi possível apenas após se juntarem ao Projeto DNA Doe, uma ONG que usa informações genéticas para a localização de parentes de pessoas mortas que não ainda foram identificadas.

Após a identidade do jovem ser divulgada, a irmã dele, Carolyn Sanders, agradeceu ao escritório do xerife. Conforme noticiou o G1, o jovem não foi dado como desaparecido antes porque a família acreditava que Francis Wayne Alexander estava vivo, mas não queria manter o relacionamento com os parentes.

+++LEIA MAIS: 4 motivos para assistir Os Filhos de Sam, nova série de true crime da Netflix [LISTA]

“É difícil, mesmo 45 anos depois, saber o destino de nosso amado Wayne. Ele foi morto pelas mãos de um homem vil e mau. Nossos corações estão pesados e nossas condolências vão para as famílias das outras vítimas... Agora podemos descansar, sabendo o que aconteceu, e seguir em frente, homenageando Wayne”, disse Carolyn Sanders.

It: A Coisa

A história de terror de Stephen King foi inspirada no caso do serial killer John Wayne Gacy, justamente conhecido como O Palhaço Assassino. O criminoso se vestia de palhaço e atraía jovens e crianças para sua casa, onde as matava e enterrava.

O sumiço recorrente de crianças na vizinhança e o horrível cheio da casa de John Wayne Gacy chamou a atenção da polícia, que encontrou 28 corpos enterrados na propriedade. O autor Stephen King usou a história real como inspiração para a narrativa de terror sobre It, uma entidade maligna que aterrorizava crianças.

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por IT Chapter Two (@itmovieofficial)

 

+++LEIA MAIS: Assassino do Zodíaco: 3 verdades e 3 mentiras no filme com Robert Downey Jr., Mark Rufallo e Jake Gyllenhaal [LISTA]

Segundo a Revista Monet, o serial killer também inspirou o visual de Joker, filme aclamado pela crítica e estrelado por Joaquin Phoenix.