Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Jair Bolsonaro comenta invasões ao Congresso, Planalto e STF: 'Depredações e invasões fogem à regra'

O ex-presidente do país usou suas redes sociais para se posicionar sobre os atos antidemocráticos ocorridos em Brasília neste domingo, 08

Redação Publicado em 08/01/2023, às 21h30 - Atualizado em 10/01/2023, às 09h22

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Jair Bolsonaro (Foto: Andressa Anholete / Getty Images)
Jair Bolsonaro (Foto: Andressa Anholete / Getty Images)

Horas depois que seus apoiadores invadiram o Congresso Nacional, o Palácio do Planalto e o Supremo Tribunal Federal, Jair Bolsonaro comentou os atos antidemocráticos nas redes sociais. Em seu perfil no Twitter, o ex-presidente afirmou que “depredações e invasões de prédios públicos fogem à regra”.

As invasões na Praça dos Três Poderes começaram por volta das 15h do último domingo, 8 — e a situação só foi controlada pela polícia entre 17h e 18h. Alguns pedindo intervenção militar e outros com pedras e pedaços de madeira em mãos, os manifestantes chegaram a quebrar vidraças do Congresso e do Supremo, além de depredar diversos ambientes do Palácio do Planalto.

+++LEIA MAIS: Congresso Nacional, Palácio do Planalto e STF são invadidos por manifestantes pró-Bolsonaro

Manifestações pacíficas, na forma da lei, fazem parte da democracia. Contudo, depredações e invasões de prédios públicos como ocorridos no dia de hoje, assim como os praticados pela esquerda em 2013 e 2017, fogem à regra", escreveu Bolsonaro.

Afirmando que, ao longo de seu mandato, sempre esteve “dentro das quatro linhas da Constituição, respeitando e defendendo as leis, a democracia, a transparência e a nossa sagrada liberdade”, o ex-chefe do Executivo afirmou repudiar as acusações atribuídas a ele pelo atual presidente Lula.

Já em Brasília para verificar os danos causados às sedes dos Três Poderes, o petista também se pronunciou sobre o ocorrido. Foi em transmissão ao vivo direto de Araraquara, no interior de São Paulo, que Luiz Inácio Lula da Silva repudiou as invasões, afirmando que tanto os manifestantes, quanto os que facilitaram o furo no bloqueio e os policiais que não atuaram no caso serão punidos pelo ocorrido.

+++LEIA MAIS: Deputada norte-americana compara atos no Congresso Nacional com invasão ao Capitólio

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!