Logan Williams morreu de overdose depois de 3 anos de vício, revela a mãe

O ator morreu no início do mês de abril

Redação Publicado em 18/05/2020, às 11h04 - Atualizado às 11h05

None
Logan Williams em The Flash (Foto: Reprodução)

Após a morte de Logan Williams, da série The Flash, no início do mês de abril, a mãe do ator revelou detalhes da luta do artista contra o vício e dos resultados dos exames toxicológicos realizados no corpo do filho.

Em entrevista ao New York Post, Marlyse Williams contou que o artista já enfrentava o vício em medicamentos há três anos, mas o assunto foi mantido "por baixo dos panos para evitar julgamento, embaraços e críticas".

+++ LEIA MAIS: U2: Adam Clayton revela como lidou com problemas de saúde mental e vício em álcool

A mãe do ator também revelou que precisou assumir dívidas para pagar pelos tratamentos do filho nas clínicas de reabilitação. “Fiz tudo o que era humanamente possível, tudo o que uma mãe podia fazer. Ele me disse: 'Mãe, vou ficar limpo, vou ser melhor. Quero começar uma nova vida'", disse Marlyse.

O ator participou da série Supernatural e The Flash , na qual interpretou a versão jovem de Barry Allen em nove episódios exibidos entre os anos de 2014 e 2015.

+++ LEIA MAIS: Debbie Harry fala sobre vício em heroína: ‘Era uma ocupação integral’

Aos 16 anos, Williams morreu de overdose por fentanyl. A mãe precisou enterrar o ator sem a presença da família por causa das medidas de prevenção contra o coronavírus. "Não consigo abraçar meus pais que perderam o único neto. É difícil", desabafou.

Contudo, Marlyse ainda tem esperança de ajudar outros jovens na luta contra o vício. Ela disse: "Sua morte não será em vão. Ele vai ajudar muita gente que está nesta mesma jornada".


+++ VITOR KLEY | A TAL CANÇÃO PRA LUA | SESSION ROLLING STONE