Metallica: Comprovação de vacina contra covid-19 é exigida em show da banda

Banda Metallica realizou show íntimo em São Francisco, EUA, e exigiu comprovação de vacinas contra covid-19

Redação Publicado em 17/09/2021, às 14h57

None
Robert Trujillo, James Hetfield, Lars Ulrich, Kirk Hammett, do Metallica (Foto: Frazer Harrison/Getty Images)

Após o guitarrista e vocalista James Hetfield, da banda Metallica, dizer estar "cético" em relação a tomar vacinas contra a covid-19, o grupo realizou um show nesta quinta, 16, em sua cidade Natal, São Francisco, em que exigiu do público o comprovante de vacinação contra o coronavírus. 

O concerto do Metallica foi íntimo e realizado no The Independent para apenas 500 pessoas. O comunicado do show, divulgado de surpresa, dizia: "Ei! Vamos tocar hoje à noite no The Independent. Pegue uma nota de US$ 20 e leve o seu rabo para a bilheteria agora mesmo. Comprovante de vacinação é necessário para obter uma pulseira e vai esgotar rápido. Um bilhete por pessoa, somente em dinheiro."

+++ LEIA MAIS: 'Muito apropriada para os tempos,' diz Kirk Hammett sobre novas músicas do Metallica

Segundo informa o site Blabbermouth, o público foi obrigado a usar máscaras de proteção contra covid-19 em todos os momentos do show, exceto quando estivessem bebendo ativamente. A medida, assim como a comprovação de vacinação, é exigida pelo The Independent, por mandato da cidade. 

O Metallica está celebrando os 30 anos do lançamento do disco Metallica, apelidado de The Black Album, o mais popular da história da banda. As informações são do Blabbermouth. 

+++ LEIA MAIS: O que Bruce Dickinson acha do Black Album, do Metallica?