Morre baixista Pete Way, do UFO, Waysted e colaborador de Ozzy Osbourne, aos 69 anos

O músico estava internado há dois meses, após sofrer acidente que o feriu “fatalmente”

Redação Publicado em 15/08/2020, às 10h31

None
Pete Way (Foto: Reprodução/Facebook)

Pete Way, baixista do UFO, morreu na última sexta, 14, aos 69 anos. O músico, que também tocou no grupo Waysted e colaborou com o Ozzy Osbourne, estava internado há dois meses, após um acidente o deixar com lesões graves. A informação foi confirmada pela página oficial do músico no Facebook.

+++LEIA MAIS: A triste saga do primeiro baixista dos Beatles, Stuart Sutcliffe, morto aos 21 anos

“Ele sofreu ferimentos fatais em um acidente há dois meses, mas lutou muito até finalmente sucumbir aos ferimentos às 11h35 de hoje BTS [Horário De Verão Britânico]. Sua esposa, Jenny, estava ao seu lado”, explicou o comunicado publicado na rede social na última sexta, 14.

Way fundou a banda UFO em 1969 com os amigos Phil Mogg, Andy Parker e Mick Bolton. O grupo lançou diversos discos clássicos ao longo da década de 1970, como Phenomenon, Force It, No Heavy Petting, Lights Out, Obsession, No Place to Run, The Wild,The Willing And The Innocent e o lendário álbum ao vivo Strangers In The Night.

No começo da década de 1980, ele deixou a banda para formar a Fastway, mas pouco depois saiu do projeto para tocar na turnê Diary Of A Madman, do Ozzy Osbourne. Em 1982, o baixista fundou o grupo Waysted com Fun Muir, Frank Noon, Ronnie Kayfield e Paul Raymond, guitarrista e tecladista do UFO.

+++LEIA MAIS: Ozzy Osbourne começou a produzir mais um disco

A banda britânica de heavy metal lançou diversos discos, sendo o mais recente The Harsh Reality (2007). Way também se juntou a Phil Mogg, do UFO, para a realização de dois álbuns.

Pete Way inspirou diversas gerações de baixistas e músicos - tanto pelo talento incomparável, quanto pelo estilo de vida rock n’ roll que levava a vida. "Pete Way era uma figura muito amada e altamente considerada entre os fãs de rock, críticos e colegas músicos”, disse comunicado na página do músico no Facebook.

Na década de 2010, Pete Way começou a sofrer com problemas de saúde. Em 2013, o baixista foi diagnosticado com câncer e em 2016 sofreu um ataque cardíaco. 

+++LEIA MAIS: Nova banda do baixista do System Of A Down lança primeira música; ouça 'Like That?'

Alguns músicos lamentaram a morte do colega nas redes sociais, como informou a Loudersound. Ozzy Osbourne disse: "Notícias tão tristes sobre Pete Way. Faz anos que não o vejo, mas sempre terei ótimas lembranças e histórias incríveis do que faríamos. Descanse em paz. Amor e respeito à sua família, amigos e fãs".

Nikki Sixx, baixista da Mötley Crüe,  escreveu: "RIP Rockstar. Uma das minhas principais influências. Tenho que ouvir um UFO esta noite. Pete Way RIP. É com a maior tristeza que posto isso. De todas as pessoas que conheci e com quem fiz turnê, Pete foi o mais divertido e ele permaneceu um bom amigo. Light's Out In London realmente diz tudo”.

Kirk Hammett, do Metallica, disse: "Pete Way foi uma grande influência para mim. Ele era intransigente musicalmente e era um ótimo intérprete. Ele tinha uma sensação única e escreveu algumas das minhas canções favoritas de todos os tempos”.

+++LEIA MAIS: O que Kirk Hammett mudaria se pudesse voltar no tempo?


+++ JOÃO GORDO ENCARA O DESAFIO MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO 


+++ PLAYLIST COM CLÁSSICOS DO ROCK PARA QUEM AMA TRILHAS SOBRE DUAS RODAS