Netflix move campanha para Chadwick Boseman concorrer ao Oscar em 2021

Boseman morreu em agosto deste ano, após uma luta silenciosa de quatro anos contra um câncer de cólon

Redação Publicado em 22/10/2020, às 18h50

None
Chadwick Boseman em A Voz Suprema do Blues (foto: reprodução/ Netflix)

A Netflix moverá uma campanha para Chadwick Boseman receber uma homenagem póstuma no Oscar 2021 e, assim, concorrer na premiação (via UOL). 

Como revela a Variety, a expectativa é que o ator seja indicado postumamente ao Oscar nas categorias de Melhor Ator e Melhor Ator Coadjuvante pelos trabalhos em A Voz Suprema do Bluese Destacamento Blood, respectivamente.

+++ LEIA MAIS: Chadwick Boseman foi 'iluminado por Deus', diz Spike Lee

Boseman morreu em agosto deste ano, após uma luta silenciosa de quatro anos contra um câncer de cólon. 

Os dois filmes representam alguns dos últimos trabalhos que o artista fez no cinema. Inclusive, A Voz Suprema do Blues foi a última produção filmada pelo ator.

+++LEIA MAIS: Chadwick Boseman, o Pantera Negra, é homenageado pelo elenco de Vingadores e outros astros de Hollywood

Se Chadwick Boseman for indicado, seria a primeira indicação dupla póstuma da história da premiação.

Destacamento Blood já está disponível no streaming, enquanto A Voz Suprema do Blues será lançado em 18 de dezembro.


+++ XAMÃ: ‘SE VOCÊ NÃO SENTE NADA COM UMA MÚSICA, É PORQUE TEM ALGUMA COISA ERRADA' | ROLLING STONE BRASIL