Oscar não será transmitido em Hong Kong pela primeira vez em 50 anos; saiba por quê

Emissora chinesa disse que a decisão foi "puramente comercial"

Marina Sakai | @marinasakai_ (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 31/03/2021, às 15h22

None
Estatueta do Oscar (Foto: Andrew H. Walker / Getty Images)

O Oscar não será transmitido em Hong Kong (China) pela primeira vez em mais de 50 anos. A TVB era responsável pela cerimônia desde 1969, mas devido à pressão do governo chinês, a emissora abriu mão da transmissão. As informações são do Omelete e do G1.

Segundo o Deadline, autoridades de Pequim limitaram a cobertura do evento após Chloé Zhao, diretora indicada ao Oscar por Nomadland (2020), criticar políticas autoritárias do governo. 

+++LEIA MAIS: Oscar acontecerá com plateia limitada e sem eventos adicionais

Outra razão para a decisão pode ser a indicação de Do Not Split (2020) a Melhor Curta-Metragem de Documentário. A produção relata protestos contra o governo em Hong Kong em 2019 e 2020. 

O Departamento de Propaganda do Partido Comunista da China ordenou que os veículos de imprensa não transmitissem a maior noite do cinema. No entanto, um porta-voz da TVB disse à AFP que a decisão foi “puramente comercial.”


+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


 +++ KANT | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL