Pearl Jam critica o governo e adia turnê na América do Norte por causa do coronavírus

Os primeiros shows do grupo serão remanejados para outra data - mas ainda não existe uma previsão

Redação Publicado em 10/03/2020, às 12h48

None
Mike McCready e Eddie Vedder (Foto: Amy Harris/AP Images)

Nesta segunda, 9, Pearl Jam anunciou que parte da turnê na América do Norte será adiada devido ao surto de Coronavírus. O anúncio foi feio no perfil do Instagram do grupo. 

Os primeiros 16 shows para promover o novo disco, Gigaton, que será lançado no dia 27 de março, começariam no dia 18 em Toronto, no Canadá. A última apresentação seria realizada nos Estados Unidos, no dia 19 de abril. As novas datas ainda não foram divulgadas. 

+++ LEIA MAIS: Qual é o maior hit do Pearl Jam? (Não é ‘Jeremy’ nem ‘Alive’)

Veja abaixo a publicação: 

"Como moradores da cidade de Seattle, fomos afetados e testemunhamos como essas situações desastrosas podem crescer rapidamente. Fecharam as escolas das nossas crianças,  universidades e o comércio. Tem sido brutal e ainda há muito o que piorar antes de melhorar". 

+++ LEIA MAIS: Guns N' Roses publica capa modificada de disco em campanha de prevenção ao Coronavírus

"Então, nos disseram que fazer parte de grandes aglomerações é algo que deve ser muito evitado conforme essa crise mundial de saúde começa a afetar todas as nossas vidas. E como reunir-se em grandes grupos é algo natural que fazemos sendo uma banda, é com profunda frustração que somos forçados a fazer esse anúncio infeliz. A primeira parte da turnê do Pearl Jam/Gigaton será adiada e os shows serão remarcados para uma outra data", escreveram.

+++ LEIA MAIS: Guitarrista do Pearl Jam revela segredos do novo disco Gigaton: rock direto, baladas e experimentações

"Trabalhamos duro com todos os empresários e sócios para encontrar outras soluções, mas os níveis de risco para o nosso público é muito alto. Além disso, temos grupos de fãs apaixonados que vem de longe para nos encontrar. Sempre nos sentimos honrados por isso e respeitamos essa devoção. Entretanto, nesse caso, não viajar é a melhor opção no momento". 

Ao longo do texto, a banda aproveitou para criticar as ações tomadas pelo governo em relação à crise de Coronavírus. 

+++ LEIA MAIS: As primeiras impressões de Gigaton, novo disco do Pearl Jam: 'Diverso' e ‘Imprevisível'

"Com certeza não ajudou que não há mensagens claras do nosso governo em relação à segurança das pessoas. Sem exemplos da habilidade de nosso departamento nacional de saúde para controlar a situação, não temos motivos para acreditar que estará sob controle nas próximas semanas."

O cancelamento da turnê do Pearl Jam é mais um entre os diversos eventos que foram adiados pelo vírus. Nesta segunda, a Madonna também cancelou as apresentações em Paris e a edição francesa do Tomorrowland também está fora do circuito.

+++ LEIA MAIS: Kiss cancela meet and greet por Coronavírus - o que acontece com ingressos de R$16 mil no Brasil?


+++ SESSION ROLLING STONE BRASIL: DELACRUZ - ANESTESIA