Quase sem ensaios, como o Metallica fez tanto sucesso? Lars Ulrich explica

Em entrevista, o baterista falou sobre as experimentações realizadas pelo grupo ao longo dos anos

Redação Publicado em 13/08/2020, às 17h21

None
Lars Ulrich, do Metallica (Foto:Sven Hoppe/picture-alliance/dpa/AP Images)

Metallica é uma das bandas de maior sucesso do heavy metal, com alguns dos discos mais vendidos da história, como Black Album (1991). Mesmo sem ensaiarem muito, o baterista Lars Ulrich explicou que o grupo se mantém popular devido a alguns fatores, como experimentos realizados ao longo dos anos. As informações são do Whiplash.

+++LEIA MAIS: Metallica: Lars Ulrich defende a som tão criticado do disco 'St. Anger'

Em entrevista ao podcast de Eddie Trunk, Ulrich falou que a experimentação da banda aconteceu tanto nos discos quanto na construção de repertórios: "Quando fazemos repertório para uma turnê, gira em torno do equilíbrio. Em uma cidade específica, tentamos não repetir músicas muito obscuras que tocamos nas outras vezes que fomos para lá. Tentamos outras músicas obscuras".

O baterista continuou: “Na turnê do Death Magnetic, rodamos entre 60 e 70 músicas. Toda noite, o repertório seria diferente. Mudar as músicas nos deixa em estado de alerta, além de nos divertir". Segundo o músico, essa satisfação dos próprios integrantes é importante, além da preocupação com os fãs: 

+++LEIA MAIS: Quais as maiores lembranças de Lars Ulrich da turnê do Metallica com o Guns N' Roses em 1992?

"Especialmente nos últimos anos, com as redes sociais e como nos conectamos com uma outra geração. Na turnê do Hardwired, provavelmente, 50% dos garotos na plateia nunca tinha nos visto em shows antes. Pelas redes, você tenta saber a opinião de todos, mas também há o nosso instinto", explicou.

Mais do que a experimentação, Ulrich falou sobre a importância  do fator humano: "Se eu soubesse 100% qual seria a reação do público, eu me aposentaria, pois a diversão é chegar e falar: 'sim, nós sabemos das coisas e, sim, o repertório é esse'. E sempre há 10% ou 20% de instinto nisso, de deixar as coisas um pouco mais humanas, mais 'rock and roll'. 

+++ LEIA MAIS: Metallica publica show icônico com ‘um dos melhores setlist de todos’ na íntegra; assista

“O Metallica pode não ser a banda mais bem ensaiada no mundo, mas [...] temos muito orgulho desse elemento humano e sempre lembramos a todos que somos apenas quatro caras em uma banda, tentando se virar como todo mundo", concluiu.


+++ JOÃO GORDO ENCARA O DESAFIO MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO 


+++ PLAYLIST COM CLÁSSICOS DO ROCK PARA QUEM AMA TRILHAS SOBRE DUAS RODAS