Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / Treta

Roger Waters chama Bono Vox de 'nojento' e 'um m*rda'

'Qualquer pessoa que conheça Bono deveria pegá-lo pelos tornozelos e sacudi-lo… até que ele deixe de ser um m*rda enorme', disse o músico

Roger Waters e Bono Vox (Fotos: Getty Images)
Roger Waters e Bono Vox (Fotos: Getty Images)

Roger Waters fez comentários sobre um colega do mundo da música, o vocalista do U2, Bono Vox. Durante uma entrevista, o ex-Pink Floyd opinou sobre as falas do irlandês sobre o conflito entre Israel e Hamas.

Durante um dos shows da residência do U2 em Las Vegas, Vox fez uma homenagem aos mortos no festival de música israelense Supernova “À luz do que aconteceu em Israel e em Gaza, uma canção sobre a não-violência parece um tanto ridícula, até mesmo risível, mas as nossas orações sempre foram pela paz e pela não-violência”, disse antes de uma apresentar "Pride (In The Name Of Love)". “Mas nossos corações e nossa raiva, você sabe onde isso aponta. Então cante conosco… e com aquelas crianças lindas naquele festival de música.”

+++LEIA MAIS: Por que Roger Waters demitiu filho da banda de apoio de turnê?

Waters relembrou o episódio em entrevista à Al Jazeera. Famoso por ser um crítico do estado de Israel há décadas, ele classificou os comentários de Bono como "nojentos". “Minha mãe me disse que, quando enfrentamos problemas difíceis, a primeira coisa a fazer é ler – ler, ler, ler. Depois, a próxima parte é fácil: fazer a coisa certa,” disse o músico em referência ao pai, morto na Segunda Guerra Mundial.

“Qualquer pessoa que conheça Bono deveria pegá-lo pelos tornozelos e sacudi-lo… até que ele deixe de ser um m*rda enorme,” ele continuou. “Temos que começar a dizer a estas pessoas que a sua opinião é tão nojenta e tão degradante… defender a entidade sionista”, acrescentou. “O que ele fez algumas semanas atrás no Sphere em Las Vegas, cantando sobre as Estrelas de David, foi uma das coisas mais nojentas que já vi na minha vida.”

+++LEIA MAIS: Justiça autoriza shows de Roger Waters no Chile após acusações de antissemitismo