Pulse

Slash 'bebia até morrer' depois de sair do Guns N' Roses

O guitarrista falou sobre sobreviver a tempos difíceis, e o lado negativo de ser um rockstar

Redação Publicado em 17/04/2019, às 11h39

None
O guitarrista Slash (Foto: DyD Fotografos/AP)

Slash tem  fama de ser bem explícito e aberto em suas respostas. Em uma entrevista recente ao site Belfast Live, o guitarrista do Guns N' Roses falou sobre o período intenso de sua vida em que abusou de álcool e drogas. 

“Eu bebia até morrer. Estava sem direção alguma ou qualquer ideia concreta do que eu poderia fazer durante um tempo indeterminado. Foi bem excessivo”, contou.

+++ Solta o riff! Rolling Stone Brasil vai premiar o melhor riff com prêmios exclusivos no Instagram 

“Eu tinha deixado minha banda, estava me divorciando e passando por várias coisas ruins. Estava até enfrentando problemas com a gravadora. Era realmente uma vida clássica de rock’n’roll, mas só o lado negativo”, falou antes de reafirmar: “eu bebi para lidar com a situação e me droguei para lidar com a situação”.

Anteriormente, ele já havia falado sobre chegar ao fundo do poço.

Nos últimos dias, ele revelou que o Gun N' Rosesdeve começar a gravar o novo disco muito breve.

Além disso, admitiu também que acha impossível que a história da banda vire uma cinebiografia como o recente The Dirt, do Motley Crue, e contou porque acha Greta Van Fleet importante para o rock atual.