Mais uma pessoa morre após atropelamento no festival SXSW

Uma mulher de 26 anos foi a terceira vítima do trágico acidente

Jason Newman Publicado em 17/03/2014, às 17h22 - Atualizado às 20h27

SXSW - atropelamento
Gavin Edwards

Um assessor do Departamento de Polícia de Austin confirmou que uma terceira pessoa morreu em decorrência do trágico atropelamento ocorrido na semana passada no festival South by Southwest, que já tinha matado duas pessoas e deixou feridas outras 23.

Duas pessoas morrem e 23 ficam feridas no festival SXSW depois de motorista que fugia da polícia atropelar multidão.

Sandy Thuy Le, de 26 anos, morreu na noite desta segunda-feira, 16, depois de ter sido atingida por um carro na manhã da quinta-feira, 13. A polícia prendeu Rashad Charjuan Owens, de 21 anos, na sexta-feira, 14, acusando-o de dois homicídios e múltiplas “lesões corporais”. Agora que há uma terceira vítima fatal, o assessor da polícia de Austin foi questionado se Owens não enfrentaria mais uma acusação de homicídio e declarou à Rolling Stone EUA que “todo o caso será apresentado ao Tribunal Superior do Texas e eles determinarão quais, se houver alguma, outras acusações serão adicionadas”.

Le era natural do Mississippi e tinha, aparentemente, se mudado para Austin para fazer faculdade, de acordo com o Dallas News. Ela estava hospitalizada no centro médico da Universidade de Brackenridge em condições críticas desde quinta.

Desde domingo, 16, cinco pessoas ainda estão hospitalizadas em função do incidente. Em uma declaração, o Departamento de Polícia de Austin afirmou que as vítimas internadas têm entre 17 e 39 anos.

Tyler, the Creator é preso no SXSW por incitar a violência

Semana passada, o chefe de Polícia de Austin, Art Acevedo, disse que as ações de Owens foram “intencionais”, assim como o canal de notícias de Austin KVUE reportou que o Toyota que Owens estava dirigindo na hora do acidente era roubada. “Nós organizamos esses eventos muito bem”, acrescentou Acevedo. “mas não há como impedir uma pessoa que decide, em vez de ser acusado de dirigir embriagado, continuar dirigindo em alta velocidade, não respeitar as ordens da polícia de parar, e então, em alta velocidade, ignorar a preciosidade da vida humana.”

Registros revelam que Owens foi condenado diversas vezes nos últimos anos, incluindo delitos de menor de idade alcoolizado e transgressão criminosa. Enquanto viveu no Alaska, em 2011, Owens foi preso por dirigir sob a influência de álcool e abandonar a cena de um acidente. Ele assumiu a culpa para as acusações de dirigir embriagado, mas os advogados de acusação retiraram as outras queixas.

Lady Gaga justifica o vômito no festival SXSW: “Foi estimulante ver as pessoas discutindo se era arte ou não”.

A organização do SXSW (abreviação de South by Southwest) decidiu continuar com o festival conforme planejado e encerrou as atividades no último domingo, 16. “Apesar de toda a nossa preparação para lidar com maiores incidentes durante o SXSW, nós nunca estaríamos preparados para algo como isso”, disse o diretor Roland Swenson em comunicado.