Um Tira no Jardim de Infância é retirado de drive-in por acusações de racismo; entenda

Filme dos anos 1990 é estrelado por Arnold Schwarzenegger

Redação Publicado em 07/08/2020, às 08h55

None
Um Tira no Jardim de Infância (Foto: Divulgação)

O filme Um Tira no Jardim de Infância (1990), estrelado por Arnold Schwarzenegger, foi retirado da programação de um cinema drive-in em Oregon, nos Estados Unidos, por acusações de racismo. As informações são do site We Got This Covered.

As reclamações sobre o teor do filme foram realizadas pela historiadora, educadora e escritora Lois M. Leveen, pelo reforço de estereótipos racistas e romantização de presença policial no ambiente escolar na trama. Em declaração, a norte-americana comparou o clássico a filmes como O Nascimento de uma Nação (1915) e ...E o Vento Levou (1939).

+++ LEIA MAIS: HBO Max retornará E o Vento Levou para catálogo… Mas explicado por professora negra

“"Não há nada divertido na presença da polícia nas escolas, que alimenta o oleoduto da escola à prisão em que afro-americanos, pessoas latinas e outras crianças de cor são criminalizadas e não educadas. A criminalização de crianças aumenta drasticamente quando os policiais trabalham nas escolas”, escreveu Lois em carta (via We Got This Covered). “Reconhecemos que filmes como esses não são ‘uma boa diversão para a família’. São relíquias de como a cultura pop alimenta suposições racistas”.

A empresa Northwest Film Center, responsável pelo drive-in, retirou o filme dos títulos em cartaz. Um representante da companhia informou à Vanity Fair que as reclamações não partiram apenas da autora, mas também de “vários outros, inclusive membros da comunidade negra”.


+++RAP, FUNK E PAGODE NA ENTREVISTA COM OROCHI: 'SOU ESSA MISTURA LOUCA'


+++ PLAYLIST COM CLÁSSICOS DO ROCK PARA QUEM AMA TRILHAS SOBRE DUAS RODAS