Veja detalhes do disco perdido de Gilberto Gil encontrado após 40 anos

Disco gravado em Nova York foi esquecido por Gilberto Gil e resgatado pelo projeto Google Arts & Culture

Redação Publicado em 25/06/2022, às 12h00

None
Gilberto Gil. (Foto: reprodução/AmazonPrime)

Gilberto Gil completa 80 anos no próximo domingo, 26. O cantor tem papel fundamental na história da Música Popular Brasileira. “Tenho certeza que sou filha de um orixá vivo” já disse Preta Gil. Com 49 anos de carreira, o cantor ostenta inúmeras composições marcantes. 

Em 1982, Gil e sua esposa Flora, viajaram para os Estados Unidos em busca de uma carreira internacional. Em Nova York, o cantor gravou nove canções e não gostou do resultado. Voltou para o Brasil e deixou as faixas para trás.

+++LEIA MAIS: Caetano Veloso, Andreas Kisser e Emicida pedem justiça por Bruno Pereira e Dom Phillips em shows recentes

Passados 40 anos, oGoogle Arts & Culture, projeto que reúne museus do mundo todo, criou o site O Ritmo de Gilpara reunir toda a história do cantor em um lugar só. A joia do acervo, no entanto, são as nove canções inéditas que o projeto trouxe a público. Entre elas, a música "You Need Love."

“Senti falta de músicos brasileiros, apesar da excelência dos que participaram. Todos eles tinham experiência em estúdio, de gravações com artistas de variados gêneros musicais. Talvez até por isso eu senti falta de uma certa personalização maior na fabricação do disco”, disse Gil em entrevista para o projeto. 

+++LEIA MAIS: Gilberto Gil homenageia Elza Soares: ‘É muito grande a saudade que o Brasil vai sentir’

Ao todo, são nove faixas: You Need Love, Jump For Joy, Estrela (Star), Fill Up The Night With Music, Come On Back Tomorrow, Somebody Like Me, Moon and Star Girl, When The Wind Blows (versão em inglês de Deixar Você) e Take a Holiday.

O álbum soa diferente dos trabalhos anteriores de Gil, talvez um pouco mais pop. A faixa “Estrela” é a única cantada em português. As outras canções também transparecem influências do reggae com muitos teclados e saxofones. O álbum foi produzido pelo percussionista Ralph McDonald, especialista em música negra, e gravado no Rosebud Recording Studio.

+++LEIA MAIS: Voz do Milênio: Como Elza Soares se manteve ativa até o último momento

Além do disco inédito, o museu conta com informações bibliográficas e a discografia do cantor. Tem 41 mil imagens e documentos e um total de 900 vídeos e gravações sobre sua trajetória.

O museu virtual está disponível em inglês, português e espanhol, sendo a primeira retrospectiva de um artista brasileiro vivo na plataforma global. A pesquisa teve início em 2018.



Em casa com os Gil

Para comemorar os 80 anos de Gilberto Gil, a Amazon Prime lançou o documentário “Em casa com os Gil" que acompanha a família do cantor durante os bastidores de preparação de sua turnê na Europa.

Com cinco episódios, o reality mostra a família do cantor em um retiro criativo de 20 dias no interior do Rio de Janeiro. Câmeras acompanharam os bastidores do espetáculo que irá rodar na Europa. Desde as ideias iniciais até a definição do repertório.

+++LEIA MAIS: Em Casa com os Gil: Documentário exalta a família, o amor e poder da arte sem glamour de reality [REVIEW]

O documentário conta com as participações de Preta, Flora, Bela, Flor, Nara, João, Francisco, Bem, José, Marília, Maria, Bento, JP Demasi, Mariá Pinkusfeld e Mãeana. 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Gilberto Gil (@gilbertogil)