Pulse

"Vidas de nazistas não importam", afirma guitarrista Tom Morello em show

O músico usa as apresentações para passar mensagens políticas

Redação Publicado em 12/11/2019, às 16h28

None
Tom Morello, guitarrista do Rage Against the Machine (Foto: AP/ Branimir Kvartuc)

Tom Morello está em turnê solo com o disco The Atlas Underground (2018). O músico é bem crítico quando o assunto é política e usa as apresentações para passar alguns recados para o público. 

Um fã publicou no Twitter imagens do show de Morello e nelas é possível ver as mensagens que o músico tem exibido no telão. Em uma foto está escrito "Nazi lives don’t matter" (em tradução livre, "As vidas dos nazistas não importam"), em paródia a "Black lives matter" (em tradução livre, "As vidas negras importam").

+++LEIA MAIS: Rage Against the Machine confirma volta e anuncia 5 shows para 2020; veja as datas

Além desta, o guitarrista também escolheu para o telão a frase: "God hates flags" (em tradução livre, "Deus odeia bandeiras"), e fez uma paródia com "God hates fags" (em tradução livre, "Deus odeia bichas"), frase utilizada por religiosos conservadores contra a comunidade LGBTQ+.

Ainda na publicação do fã, ele escreveu: "Pelo menos eu sei que o país não ficou totalmente fascista quando ainda posso ir ver o Tom Morello".

+++LEIA MAIS: Tom Morello se une à banda pop 5 Seconds Of Summer na música Teeth; assista ao clipe

Veja o telão:

Rage Against The Machine, banda que Tom Morello é guitarrista, divulgou uma série de datas para 2020 que incluem a Califórnia, nos dois finais de semana do Coachella, segundo a Forbes. 

Formada em 1991, o grupo não toca junto desde um show em Los Angeles, de 2011, no Coliseum de Los Angeles.