Village People comemora saída de Trump: ‘Parece que o uso abusivo de nossa música finalmente acabou’

O ex-presidente dos Estados Unidos usou diversas músicas da banda indevidamente, como “Y.M.C.A.” e "Macho Man"

Redação Publicado em 21/01/2021, às 17h04

None
Village People (Foto: Michael Putland/ Getty)

Ao longo do mandato, Donald Trump desrespeitou diversas vezes os diretos autorais de músicas - e uma das bandas que mais reclamou do uso indevido foi o Village People, autores de canções como “Macho Man” e a famosa “Y.M.C.A.” As informações são do Consequence of Sound

+++LEIA MAIS: Cocriador do Village People Henri Belolo morre aos 82 anos

Até o comício de despedida de Trump aconteceu ao som dos hits do Village People - e com o fim do mandato do político, a banda espera liderar uma reforma dos direitos autorais. Victor Willis, líder do grupo, falou ao TMZ sobre o assunto: 

“Pedimos a ele para parar e desistir disso há muito tempo. No entanto, como ele é um valentão, nosso pedido foi ignorado. Felizmente, agora ele está fora do cargo, então parece que o uso abusivo de nossa música finalmente acabou,” disse Willis.

+++LEIA MAIS: Rolling Stones ameaçam Donald Trump: ‘Se ignorar e persistir, será processado’

O músico continuou: “Esperamos liderar uma mudança na lei de direitos autorais que dará aos artistas e editores mais controle sobre quem pode ou não usar nossa música no espaço público. Atualmente, não há limite para o licenciamento geral.”

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


+++ PÉRICLES | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL