YouTube exclui clipe de 'GOOBA', do rapper Tekashi 6ix9ine, por violação de direitos autorais

Aparentemente, o rapper usou o sample do produtor queniano Magix Enga sem permissão

Redação Publicado em 01/06/2020, às 12h10

None
Videoclipe de "GOOBA" (Foto: YouTube / Reprodução)

No último domingo, 30, internautas perceberam que o clipe da música “GOOBA”, do rapper Tekashi 6ix9ine, havia sido removido do YouTube. A notícia foi dada pelo portal Rap Mais

Segundo a plataforma de streaming, o produtor queniano Magix Enga foi o responsável por denunciar a música, que violava os direitos autorais de seu trabalho. "Não sampleie meus beats", ele escreveu no Instagram quando o vídeo foi derrubado.

+++ LEIA MAIS: Eminem desafia pessoas a rimarem tão rápido quanto ele, e respostas são impressionantes

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Don’t sample my Beats Biggest song Delete By Magix Enga ✌️🇰🇪

Uma publicação compartilhada por BeatKing (@magix_enga) em

 

O single de Tekashi 6ix9ine, “GOOBA”, quebrou os recordes do YouTube e tornou-se o vídeo de rap com a maior estreia na plataforma. Segundo o Chart Data, 43 milhões de visualizações foram registrados nas primeiras 24 horas desde que ficou disponível no dia 8 de maio.

O recorde anterior era de Eminem com a música “Killshot”, de 2018, que acumulou cerca de 38 milhões de streams no primeiro dia em que esteve na plataforma. 

 

 


+++ VITOR KLEY | A TAL CANÇÃO PRA LUA | SESSION ROLLING STONE