Os 7 maiores crimes cometidos pelos 'heróis' de The Boys: abuso sexual, terrorismo e assassinato [LISTA]

Apesar de se anunciarem como os mocinhos, esses super-heróis problemáticos da Amazon Prime Video estão longe de fazerem as coisas certas

Redação Publicado em 11/12/2019, às 09h00

None
The Boys (foto: reprodução/ Amazon Prime Video)

The Boys, a série de super-heróis exclusiva da Amazon Prime Video, apresenta o público aos Sete, o maior time de super-humanos agenciados pela empresa Vought. Apesar de idolatrados como celebridades, todos esses personagens tem lados perturbados cometem verdadeiras atrocidades, protegidos pela fama e status.

Por isso, listamos alguns dos maiores absurdos que os Sete fizeram, em expectativa para como eles irão se superar na segunda temporada, em 2020.

Vale lembrar que a lista contém spoilers de The Boys.


The Deep abusa sexualmente  de Starlight


A novata grupo, Starlight é enganada e forçada pelo colega e ‘crush’ da infância dela, o herói nadador The Deep, a fazer sexo oral nele para ser aceita no grupo. Logo no começo do primeiro episódio, esse acontecimento já mostra como os ‘sups’ abusam do poder e status.

+++LEIA MAIS: Com banho de sangue, segunda temporada de The Boys ganha teaser; assista


Homelander cria os super-terroristas


O foco da Vought durante a temporada é garantir a entrada dos heróis no exército dos Estados Unidos e com isso parte dos bilhões de dólares que o governo investe em contratos militares. Para isso o Homelander, herói mais poderoso e líder dos Sete, pensa em fabricar uma ameaça desesperadora para forçar o governo a contratar os serviços dele.

O Homelander envia secretamente para várias células terroristas carregamentos de Composto V, o mutagênico que dá poderes se injetado em alguém, para que nascesse super-terroristas. Um herói que cria os próprios vilões por interesse próprio é uma das maiores distorções que se pode imaginar.


A-Train mata a namorada para proteger a reputação


O velocista do grupo, A-Train tem um relacionamento secreto com uma heroína de segunda classe, a Popclaw, e também usa o apartamento dela para esconder os carregamentos de Composto V. Porém,  Butcher e os outros “mocinhos” descobrem o segredo do casal e tentam chantageá-los.

+++LEIA MAIS: The Boys e Pabllo Vittar agitam painel da Amazon na CCXP19

Ao descobrir que a namorada contou tudo que sabia do plano maligno dos heróis, o A-Train injeta rapidamente nela várias seringas com drogas, provocando uma morte da Popclaw por overdose.


Homelander mata a chefe Madelyn Stillwell


Apesar de muito poderoso, o Homelander age como um garoto que quer atenção da diretora da Vought, Madelyn Stillwell. Ele parece obcecado pela mulher, e tem uma relação maternal e bizarra com ela.

Por isso, Billy Butcher acha que o ponto fraco do herói seria a mulher, e então amarra bombas a ela para persuadir o Homelander. Em resposta, o herói desintegra o rosto da chefe com a visão de calor, para mostrar o quão invulnerável ele é, física e emocionalmente.


Homelander destrói o avião do prefeito de Baltimore


Homelander também mostra no primeiro episódio que não existem limites para ele quando se trata de proteger a reputação e conseguir o que quer. Ele derruba o avião com o prefeito da cidade de Baltimore após Madelyn Stillwell não conseguir negociar a contratação de um herói para vigiar o território e melhorar a imagem do político.

+++LEIA MAIS: Aves de Rapina: Arlequina e Margot Robbie deixam Gotham colorida em cena exclusiva da CCXP19


A-Train atravessa a namorada de Hughie


Literalmente a atrocidade que inicia a série, o A-Train mata quase que sem perceber a namorada do protagonista Hughie, enquanto corria para entregar um carregamento de Composto V para terroristas. Mais impressionante do que a cena é como os funcionários da Vought tentam varrer o homicídio para debaixo do tapete.


Homelander e Queen Maeve abandonam o vôo 37


Os dois heróis recebem a missão de resgatar um avião raptado por terroristas e as coisas dão muito errado. Os pilotos morrem e Homelander acidentalmente frita o painel do avião com a visão de calor, condenando todos os passageiros a caírem junto com a aeronave. 

Além de negar socorro, o Homelander conta uma mentira e diz que não chegou a tempo de salvar o avião por hesitação do governo em acionar a Vought, e que se os heróis estivessem no exército isso não aconteceria, tudo isso para se aproveitar da tragédia.


+++ SCALENE SOBRE RESPIRO: 'UM PASSO PARA TRÁS, RESPIRAR E VER AS COISAS DE UMA FORMA NOVA'