Animais Fantásticos ainda pode ser salvo? 6 motivos para pensar que sim

Saga estrelada por Eddie Redmayne não fez o mesmo sucesso de Harry Potter

Felipe Grutter (com supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 12/05/2021, às 13h00

None
Eddie Redmayne em Animais Fantásticos (Foto: Reprodução/Warner)

Os filmes de Animais Fantásticos e Onde Habitam, primeiro spin-off de Harry Potter nos cinemas, não tiveram muito sucesso, decepcionando na bilheteria e opiniões da crítica. A saga é estrelada por Eddie Redmayne e adapta o livro homônimo de J. K. Rowling.

Animais Fantásticos teve dois filmes. O primeiro, lançado em 2016, foi bem recebido pelos fãs, mas o segundo, intitulado Os Crimes de Grindelwald (2018), não teve o mesmo sucesso do antecessor.

+++LEIA MAIS: Animais Fantásticos: Quanto Johnny Depp pode receber mesmo após demissão?

De acordo com o CBR, contanto que algum tempo seja levado para refletir sobre as falhas de Os Crimes de Grindelwald, o próximo terceiro filme do spin-off poderá ter mais sucesso. Para isso, a história do longa deve ser menos complicada. Veja, abaixo, seis motivos para acreditar na salvação de Animais Fantásticos:


Foco em Newt Scamander

O primeiro filme focou em Newt Scamander (Eddie Redmayne), mas a continuação pareceu girar em torno de Alvo Dumbledore (Jude Law). Dumbledore ganhou bastante importância: ficou sob vigilância do Ministério da Magia, ordenava Newt, era o único que pode derrotar Grindelwald e tem uma suposta relação com Credence (Ezra Miller).

+++LEIA MAIS: Animais Fantásticos: Mads Mikkelsen não entrou em contato com Johnny Depp para falar sobre Grindelwald

Embora os fãs saibam que Dumbledore derrotará Grindelwald, a história começou com Newt. Não parece certo deixá-lo de lado após estabelecê-lo como protagonista.


Menos referências a Harry Potter

De acordo com o site, os fãs não precisam de respostas ou da história de fundo de todos os personagens. O segundo filme apresenta Nagini, cobra de Voldemort. Aparentemente, ela era uma mulher humana que foi amaldiçoada e se transformou no réptil.

+++LEIA MAIS: Como foi última conversa de Matthew Lewis e Alan Rickman no set de Harry Potter?

Porém, esse tipo de informação não tem relevância para o enredo, porque Nagini apenas segue Credence. Os fãs também foram apresentados a Nicholas Flamel e outros membros da família Lestrange, mas, como Nagini, foram desnecessários.


Menos reviravoltas

Credence passa toda trama de Os Crimes de Grindelwald na tentativa de descobrir quem é a família dele. O público pode sentir a frustração dele, porque constantemente se aproximava de uma resposta, mas sempre era revelada como um fracasso. O personagem passa por diversas reviravoltas nada importantes na história.

+++LEIA MAIS: Eddie Redmayne 'congelou' durante cenas aquáticas de Animais Fantásticos 3


Mais animais fantásticos

O primeiro filme apresentou aos fãs um grande número de criaturas mágicas. Porém, a sequência não apresentou tantos animais - e o papel deles também foi muito menor. Pelo nome da franquia, faz sentido adicionar mais feras fantásticas.


Luta entre Dumbledore e Grindelwald

A queda de Grindelwald está quase garantida. Os fãs poderão ver Dumbledore contra o vilão. O conflito é conhecido por ser uma das batalhas bruxas mais intensas da história.

+++LEIA MAIS: J. K. Rowling nega rumores sobre série de Harry Potter no HBO Max


Reações de Jacob com magia

Segundo CBR, as reações de Jacob Kowalski (Dan Fogler) quando descobre feitiços e detalhes do mundo mágico são sensacionais. Para o site, se todos os personagens tratassem a magia como algo normal, muitos dos efeitos especiais passariam despercebidos.


+++ MV BILL: 'A GENTE TEM A PIOR POLÍTICA DE GOVERNO PARA O PIOR MOMENTO' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL