Animais Fantásticos é chamada de ‘franquia mais problemática do mundo’; entenda as polêmicas

As polêmicas de J.K. Rowling, Johnny Depp e Ezra Miller prejudicam a reputação da saga cinematográfica

Redação Publicado em 09/07/2020, às 12h51

None
J.K. Rowling (Foto: John Phillips / Getty Images); Johnny Depp em Animais Fantásticos (Foto: Reprodução); Ezra Miller em Animais Fantásticos e Onde Habitam (Foto: Reprodução)

Animais Fantásticos se tornou a franquia cinematográfica “mais problemática do mundo”, de acordo com a Entertainment Weekly. Os próximos filmes da saga sobre o mundo bruxo correm cada vez mais perigo conforme grandes nomes da produção se envolvem em escândalos. 

Segundo a revista, antes mesmo das polêmicas envolvendo a autora J.K. Rowling e os atores Ezra Miller e Johnny Depp, a saga já não mostrava um futuro muito promissor. Apesar do primeiro filme, Animais Fantásticos e onde Habitam, ter arrecadado US$ 814 milhões ao redor do mundo, a sequência não encantou tanto os fãs e juntou US$ 654 milhões. 

+++ LEIA MAIS: Fãs de Harry Potter querem que astro da Marvel substitua Johnny Depp em Animais Fantásticos

Além da narrativa pouco cativante, os fãs não pareciam satisfeitos com a forma sutil que a produção retratou o relacionamento do herói Alvo Dumbledore com o vilão Gerardo Grindelwald

E a reputação da saga pirou com o surgimento dos escândalos das principais figuras da produção. 

Johnny Depp 

As primeiras polêmicas da saga surgiram com Johnny Depp, em 2016. O ator foi acusado de agressão pela ex-esposa Amber Heard e, desde então, está envolvido em processos na justiça. 

O caso ainda está em andamento e parece estar longe de ser resolvido, pois frequentemente surgem novas polêmicas por causa dos testemunhos do casal. Enquanto Depp confessou ser usuário de drogas, Amber admitiu ter batido no ex-marido

+++LEIA MAIS: Johnny Depp cortou o próprio dedo, mas culpou Amber Heard, sugere mensagem


Ezra Miller 

Em um vídeo compartilhado nas redes sociais, Miller supostamente aparece enforcando uma fã, que pediu para brincar de luta. Mesmo sem a confirmação da veracidade do vídeo, rumores surgiram e afirmaram que a demissão do ator de The Flashestava sendo discutida.

+++ LEIA MAIS: Ezra Miller não está sob investigação após enforcar fã; entenda


J.K. Rowling 

A autora da saga de livros Harry Potter se tornou alvo de críticas e boicotes após fazer comentários transfóbicos. As declarações da escritora foram repudiadas por Daniel Radcliffe, estrela da franquia original, e Eddie Redmayne, astro da franquia Animais Fantásticos. 

E os atos não param por aí. Funcionários da editora responsável por distribuir o novo livro de J.K. fizeram greve e autores LGBTQ+ se demitiram da agência literária da autora. Além disso, grandes fã clubes online de Harry Potter também se manifestaram contra o posicionamento de J.K..

+++LEIA MAIS: Estúdio de Harry Potter, Warner Bros se posiciona de maneira confusa sobre comentários transfóbicos de J.K. Rowling

O que agrava a situação de Animais Fantásticos são os posicionamentos dos envolvidos. J.K. Rowling defendeu os comentários transfóbicos, Depp ainda está enfrentando um processo judicial e Miller até hoje não se manifestou sobre o vídeo divulgado.

Outro fator que contribui para a instabilidade da produção é a pandemia de coronavírus, que interrompeu as filmagens e, provavelmente, atrasará a estreia do próximo filme, que será retratado no Rio de Janeiro.


+++ RAEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO