Bolsonaro volta a atacar CPI da Covid: ‘Não conseguem nos atingir’

Em evento no Mato Grosso do Sul, Bolsonaro disse que governo é vítima de mentiras

Redação Publicado em 30/06/2021, às 15h21

None
Jair Bolsonaro (Foto: Andressa Anholete / Getty Images)

Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a atacar a CPI(Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid nesta quarta, 30. Em cerimônia de inauguração da Estação Radar de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, o presidente falou, indiretamente, sobre denúncias de irregularidades na compra de vacinas.

Segundo o UOL, Bolsonaro disse que governo é vítima de mentiras: “Não conseguem nos atingir. Não vai ser com mentiras ou com CPI integrada por 7 bandidos que vão nos tirar daqui. Temos uma missão pela frente: conduzir o destino da nossa nação e zelar pelo bem-estar do nosso povo.” comentou o presidente.

+++LEIA MAIS: Relator da CPI da Covid cobra explicação de Bolsonaro: ‘Cinco dias em silêncio'

Na terça, 29, a Folha entrevistou Luiz Paulo Dominguetti Pereira, representante da Davati Medical Supply. O profissional disse ter recebido oferta de propina de Roberto Ferreira Dias, diretor de Logística do Ministério da Saúde.

O diretor do Ministério da Saúde supostamente pediu propina de US$ 1 por dose de imunizante para assinar contrato de 400 milhões de vacinas da AstraZeneca. Nesta quarta, 30, na CPI da Covid, o relator Renan Calheiros (MDB-AL) cobrou explicações do presidente sobre as denúncias recentes. 

+++LEIA MAIS: Responsabilização de Bolsonaro está mais próxima, aponta CPI da Covid

A declaração do presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia nesta quarta, 30, pode ser conferida no vídeo abaixo, publicado pelo canal bolsonarista de YouTube chamado "Foco do Brasil": 


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL