Britney Spears denunciou abuso na tutela antes de testemunhar no tribunal; entenda

Nova história sobre a tutela de Britney Spears detalha maus-tratos e controle abusivo do pai Jamie Spears

Redação Publicado em 05/07/2021, às 12h24

None
Britney Spears em 2019 (Foto: Matt Winkelmeyer/Getty Images)

No último sábado, 3 de julho, uma nova história sobre a tutela de Britney Spears foi compartilhada pela New Yorker, via Entertainment Weekly. Segundo as informações, a cantora tentou denunciar o abuso que estava enfrentando antes da declaração pública ao Tribunal no dia 23 de junho. 

A nova história compartilhada com o público detalha os supostos maus-tratos da estrela pop pelo pai Jamie Spears, que controlou as finanças da filha e a vida de Britney Spears desde o início da tutela em 2008.

+++LEIA MAIS:  'Só quero minha vida de volta', diz Britney Spears sobre tutela

Conforme o relatório, a cantora ligou para o 911 na noite anterior ao depoimento no Tribunal no mês passado, "para se reportar como uma vítima de abuso por tutela". Em declaração no dia seguinte, falou publicamente sobre a tutela pela primeira vez.

"Meu pai e qualquer pessoa envolvida nesta tutela e minha gestão, que desempenhou um grande papel em me punir quando eu disse não. Eles deveriam estar na prisão", declarou a cantora.

+++LEIA MAIS: Britney Spears 'chorou por duas semanas' após assistir documentário sobre tutela

Pela primeira vez desde 2008, a artista declarou publicamente o desejo de encerrar a tutela. No entanto, segundo a história da New Yorker: "Desde os primeiros dias da tutela, Britney Spears parecia irritar-se com suas restrições". De acordo com Jacqueline Butcher, uma ex-amiga da família, a tutela foi concedida sem o consentimento da cantora, e "sem nunca falar com ela".

"Ninguém testemunhou. Nenhuma pergunta foi feita", revela Butcher que também relembra ter conhecimento de maus-tratos de Jamie com a filha logo depois do início do acordo: "Dizia que ela era uma prostituta e uma mãe terrível." Além disso, ameaçou a cantora ao dizer que "faria coisas terríveis, como impedir o acesso de seus filhos" caso ela não aceitasse.

+++LEIA MAIS: Juíza nega pedido de remoção do pai de Britney Spears de tutela da cantora

Segundo o New Yorker, um representante de Jamie Spears "se recusou a responder a perguntas específicas, mas caracterizou seu comportamento como o de um pai amoroso salvando sua filha de uma possível ruína".


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL