Pulse

Coringa: Jared Leto tentou impedir gravações do novo filme estrelado por Joaquin Phoenix

Segundo o The Hollywood Reporter, o ator pediu para que o próprio agente reclamasse com a Warner Bros.

Redação Publicado em 20/10/2019, às 13h00

None
Jared Leto como Coringa em Esquadrão Suicida (Foto: Divulgação)

Sabemos que Jared Leto ficou frustrado por não participar do novo filme do Coringa. Mas segundo o Hollywood Reporter, essa frustração não ficou apenas no plano das ideias: Leto realmente tentou parar a produção do longa.

Segundo a reportagem, o ator pediu para Irving Azoff, um de seus agentes, convencer a dona do estúdio a cancelar o projeto do Coringa. No entanto, Azoff não fez a ligação, o que, supostamente, teria gerado grandes reclamações à CCA (Creative Arts Agency), responsável por gerenciar tanto a carreira de Leto quanto a de Todd Phillips, diretor do filme.

+++LEIA MAIS: Todos os filmes do Coringa, do pior para o melhor [LISTA]

O argumento de Jared Leto para com a CAA teria sido de que “não era forma de se tratar um vencedor do Oscar,” mesmo assim, a agência não tomou nenhuma providência. A falta de ação pode ter sido motivada pelo ator ter deixado a CAA pela WME, mas fontes do Hollywood Reporter afirmaram que nunca faltaram problemas entre a empresa e o artista.

Inicialmente, Leto estava inserido em um projeto-solo protagonizado por ele e focado na sua versão de Coringa. No entanto, o filme foi cancelado devido a outras produções, como o reboot de Esquadrão Suicida e o longa interpretado por Joaquin Phoenix.

+++LEIA MAIS: #JokerChallenge: Dança de Joaquin Phoenix em Coringa vira desafio nas redes sociais

Além disso, o principal motivo do aumento da frustração de Letopode ter relação com o novo longa de James GunnEsquadrão Suicida. O ator não trabalhará na nova produção enquanto quase todos os outros atores do primeiro filme foram escalados.  

Coringaestreou no dia 3 de outubro, e já arrecadou cerca de US$93,5 milhões apenas no primeiro final de semana.