Dan Reynolds, do Imagine Dragons, recebe ameaças por apoiar causa LGBTQ+

Dan Reynolds, vocalista do Imagine Dragons, é fundador da LOVELOUD, organização de apoio à causa LGBTQ+

Marina Sakai (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 03/06/2021, às 12h40

None
Imagine Dragons se apresenta na última noite do Rock in Rio 2019 (Foto: Ariel Martini / I Hate Flash)

Dan Reynolds, vocalista da banda Imagine Dragons, foi alvo de ameaças e "precisou envolver o FBI" por apoiar a causa LGBTQ+. O cantor é um homem heterossexual, mas comanda uma fundação e festival chamada LOVELOUD, auxílio à juventude da comunidade.

Em entrevista ao Attitude, Reynolds disse: "Foi estranho, recebi ameaças de morte. Envolvi o FBI. O pessoal não está feliz com o fato de eu ser um aliado." O artista deixou claro, porém, como tem uma equipe qualificada para cuidar do assunto. 

+++LEIA MAIS: Dan Reynolds, vocalista do Imagine Dragons, anuncia pausa na carreira para se "reconectar com a família"

Para Reynolds, segundo a própria vivência na LOVELOUD, a comunidade LGBTQ+ está sempre em busca de aliados e apoio. "Especialmente os jovens: muitos estão em transição ou não contaram para as famílias aindas. Esperam a nossa ajuda e atitude."

O integrante do Imagine Dragons também tocou em "problemas" frequentes os quais impedem outras pessoas de se tornarem aliados da causa, como os pronomes. "Primeiro, não é difícil. Segundo, a comunidade queer teve muita paciência... apenas tente! Pesquise, faça um esforço. Meus filhos conseguem!"

+++LEIA MAIS: Fãs estão indignados pela derrota do Queen para o Imagine Dragons como melhor banda de rock

Reynolds e a esposa, Aja Volkman, têm quatro filhos. O cantor enfatizou como não quer ser um mártir, apenas ajudar a divulgar a realidade do problema. "Se você não pensa que é real, envolva-se com a causa e verá. Muitos estão zangados... e errados!"

A LOVELOUD também tem uma parceria com a confeitaria Wunderkeks, propriedade de pessoas da comunidade. Esta vende biscoitos e os reverte em doações para a organização e ajuda no apoio à juventude LGBTQ+.

+++LEIA MAIS: Vocalista do Imagine Dragons reponde às críticas de Corey Taylor, do Slipknot


+++ SUPLA | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL