Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

David Ayer fala sobre Esquadrão Suicida: ‘Essa coisa me quebrou’

Diretor se sente boicotado pelo estúdio e espera que seu corte seja lançado

Redação Publicado em 29/08/2023, às 11h18

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Daid Ayer (Foto: Bryan Bedder/Getty Images for Carrera)
Daid Ayer (Foto: Bryan Bedder/Getty Images for Carrera)

No episódio mais recente do podcast The Real Ones, apresentado pelo ator Jon Bernthal, o cineasta David Ayer discutiu sua maior decepção em Hollywood, apontando Esquadrão Suicida (2016) como uma grande desilusão. O diretor tem falado abertamente nos últimos anos sobre a versão teatral do filme não ser sua preferida. Essa versão em particular enfrentou críticas de críticos, mas Ayer há muito afirma que o estúdio alterou todo o tom do filme a partir de seu conceito original.

O diretor comentou: “Hollywood — eu digo às pessoas — é como assistir alguém que você ama ser ferrado por alguém que você odeia,” quando questionado sobre sua maior decepção em Hollywood. Ele lamentou ainda mais, “O grande problema é Esquadrão Suicida. Essa coisa me quebrou. Ela me deu uma surra.” Ele continuou, “Eu saí de Corações de Ferro (2014), certo? Eu tinha a cidade nas mãos — eu poderia fazer qualquer coisa, e fiz qualquer coisa.” 

+++LEIA MAIS: David Ayer diz que James Gunn garantiu lançamento do corte do diretor de Esquadrão Suicida (2016)

Ele continuou a relatar sua jornada com Esquadrão Suicida, enfatizando autenticidade e colaboração na criação de algo notável. No entanto, a direção do filme mudou quando Deadpool (2016) chegou às telas e o estúdio, não tendo testado Batman vs. Superman (2016), esperava um resultado diferente e foi recebido com críticas generalizadas. Isso levou à decisão de transformar o filme originalmente sombrio e comovente de Ayer em uma comédia.

Ayer persiste em usar as redes sociais para defender o lançamento do corte do diretor de Esquadrão Suicida, carinhosamente chamado de "Ayer Cut". Em uma postagem recente, o diretor compartilhou que o novo chefe da DC Studios, James Gunn, havia assegurado de que o corte do diretor  “terá seu momento para ser compartilhado.”

+++LEIA MAIS: Esquadrão Suicida: Will Smith quer versão sem cortes do filme de David Ayer; entenda

Embora Ayer tenha evitado dar mais detalhes, ele afirmou: “Tudo que sei é que meu filme não visto é muito melhor do que o lançado pelo estúdio.” Ele observou que o interesse em seu corte parece genuíno e orgânico. Reconhecendo o direito de Gunn de lançar seu próprio universo DC sem dramas desnecessários sobre projetos passados, Ayer expressou: “De certa forma, estou acorrentado a essa coisa. Estou montando um tigre aqui e navegando nessa situação da melhor maneira possível. A vida é uma jornada muito estranha.”

Apesar das críticas negativas, a versão de Ayer de Esquadrão Suicida alcançou um considerável sucesso de bilheteria, acumulando US$747 milhões em todo o mundo. O filme teve Will Smith como protagonista e apresentou Margot Robbie como Arlequina. James Gunn assumiu a direção de seu próprio filme Esquadrão Suicida em 2021.

+++LEIA MAIS: Esquadrão Suicida: Jared Leto quer versão de David Ayer: ‘Para isso que serve streaming’