Filho de Ronnie Wood revela infância problemática: ‘Ser criado por um Rolling Stone quase me matou’

Aos 45 anos, Jamie Wood fala sobre o passado conturbado e envolvimento precoce com drogas

Redação Publicado em 18/06/2020, às 10h20

None
Jo Wood, ex-esposa de Ronnie Wood, e Jamie Wood, filho do casal (Foto: Stephen Shugerman / Getty Images)

Aos 45 anos, Jamie Wood, filho de Ronnie Wood e Jo Wood, falou sobre seu passado conturbado, revelando que “ser criado por um Rolling Stone” e uma modelo quase o matou.

+++ LEIA MAIS: Ronnie Wood fala sobre abuso de drogas e a vitalidade inesgotável dos Rolling Stones: "Nada pode nos parar"

Em entrevista recente ao jornal DailyMail (via Revista Monet), Jamie afirma que, desde pequeno, ele convivia com drogas e festas. "Minha mãe e meu pai costumavam festejar muito, e você podia sentir o cheiro de maconha em casa", disse o empresário. 

Ele também pontuou que, apesar das drogas serem “demonizadas” na sociedade, elas eram “normais” na família dele e fizeram parte de sua infância: “Ninguém deixava seus filhos virem na minha casa depois da aula.”

Ainda, Jamie conta que usou heroína e cocaína dos 14 aos 20 anos - e seus pais sabiam disso. Na época, “[Ronnie] dizia: ‘Divirta-se fazendo o que faz, mas não deixe que as drogas controlem sua vida. Você controla as drogas’.”

+++ LEIA MAIS:Por trás do Rolling Stones: triângulos amorosos, escândalos e o consumo de drogas

Por último, o empresário falou que seu Ronnie Wood mudou muito desde que decidiu se manter sóbrio, há cerca de 10 anos. O guitarrista é pai de gêmeas de 4 anos, fruto de seu terceiro casamento. “Tenho certeza de que ele fará um trabalho melhor desta vez! Estou muito feliz por Ronnie. Sally [Humphreys] é uma mãe incrível e os gêmeos são ótimos”, conclui.

 


+++ A PLAYLIST DO RUBEL