Lady Gaga sugere impeachment de Donald Trump após invasão do Capitólio nos EUA: 'Isso é terrorismo'

Cantora falou que quer ver Trump perder direitos políticos

Redação Publicado em 08/01/2021, às 12h52

None
Lady Gaga (Foto: Dennis Van Tine/AP) e Donald Trump, presidente dos EUA (Foto: Mark Seliger)

Nesta sexta, 8, a diva pop Lady Gaga foi ao Twitter criticar o atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que deve entregar o cargo para Joe Biden no próximo dia 20 de janeiro. Indignada com a invasão de apoiadores de Trump no Capitólio nos EUA, a artista sugeriu impeachment do político, assim como perda dos direitos políticos dele. A informação é do TV e Famosos.

"Eu espero que estejamos focados em passar o impeachment de Trump, para que o Congresso possa optar por desqualificá-lo de futuras eleições. A 25ª Emenda não impede que ele concorra novamente no futuro", escreveu a cantora. "Ele incitou terror nos EUA -- precisamos de mais violência? Isso é terrorismo."

+++LEIA MAIS: Bonner faz imitação sutil de Bolsonaro e presidente responde: 'O maior canalha que existe'

Nos Estados Unidos, a 25ª Emenda é usada, geralmente para retirar presidentes que não conseguem cumprir com o cargo. Se o político sofrer impeachment, o Congresso dos EUA pode escolher uma suspensão (ou não) dos direitos políticos de Trump.

Além disso, Lady Gaga compartilhou uma mensagem de esperança e também criticou supremacistas brancos: "Eu acredito que a mudança que tantos de nós desejamos existe no trabalho de mulheres negras na Georgia. A supremacia branca respondeu, como sempre faz, com poucas repercussões, como no dia 06/01/2021. Mas isso não vai invalidar o trabalho delas."

+++LEIA MAIS: Em AmarElo - É Tudo Para Ontem, Emicida e Fióti dão aula de ficar para história - de fazer preto se orgulhar e branco pensar [ENTREVISTA]


+++ CYNTHIA LUZ | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes