Laurence Fishburne revela ter recusado papel em Pulp Fiction por conta da abordagem com a heroína

O ator contestou a alegação de Tarantino de que ele teria recusado o papel de Jules Winnfield

Redação Publicado em 21/08/2020, às 12h31

None
Samuel L. Jackson como Jules Winnfield / Laurence Fishburne como Morpheus (foto: reprod. Miramax)

Quentin Tarantino gerou polêmica em janeiro, quando disse ao site The Ringer que originalmente escreveu o personagem de Jules Winnfield em Pulp Fiction (1994) para Laurence Fishburne.

O diretor disse que Fishburne rejeitou a oferta porque o papel de Julesnão era um protagonista, o que deixou a porta aberta para SamuelL. Jackson ser escalado.

+++LEIA MAIS: Roteiro de Tarantino para Star Trek seria uma mistura de Pulp Fiction com Vingadores: Ultimato, diz site

Entretanto, em uma entrevista recente com o site Vulture,Fishburne contestou a lembrança de Tarantino dos eventos e revelou a verdadeira razão pela qual ele passou em Pulp Fiction e um papel que poderia ter sido um dos mais famosos.

“Eu só tive um problema com a forma como o uso de heroína foi retratada”, disse Fishburne. “Eu apenas achei que era um pouco arrogante e um pouco solto. Eu senti que tornava o uso de heroína atraente. Para mim, não foi por causa do  personagem."

"Era sobre a maneira como a heroína foi entregue. E toda aquela m***a com a injeção hipodérmica de adrenalina? Não", acrescentou Fishburne.

+++LEIA MAIS: Os 8 principais atores em Bastardos Inglórios, classificados do pior para o melhor

Fishburne quis esclarecer também e acredita que o papel de Jules em Pulp Fiction é absolutamente 'um papel de protagonista': “Sam (Jackson) enfia a m***a do filme no bolso e vai embora com ele, dando início a uma carreira de protagonistas marcantes. Do que você está falando? É um grande papel.”


+++ DELACRUZ SOBRE FILHOS, VIDA E MÚSICA: 'ME ENCONTREI NO AMOR, NA FAMÍLIA, NO LADO BOM'