Maconha ajudou Dave Mustaine a aliviar os efeitos colaterais de tratamento contra o câncer, revela o cantor

O vocalista do Megadeath anunciou que estava curado durante o show da banda em janeiro

Redação Publicado em 07/05/2020, às 15h35

None
Dave Mustaine, do Megadeth (Foto: Amy Harris / Invision / AP)

Em janeiro de 2020, Dave Mustaine compartilhou ótimas notícias com os fãs: ele se livrou completamente do câncer de garganta que combateu nos últimos sete meses. Em entrevista recente à Metal Hammer (via LoudWire), o músico revelou como a maconha o ajudou a aliviar os efeitos das sessões de quimioterapia e radioterapia.

"Acho que agora o mundo está descobrindo a beleza da cannabis e tudo o que pode fazer por você", diz Mustaine. "Eu ouço as pessoas falarem como é bom para pacientes com câncer. Vamos lá, é bom para qualquer paciente!"

+++LEIA MAIS: Dave Mustaine, do Megadeth, escreveu músicas para o novo disco da banda

O vocalista do Megadeth ainda falou como a radiação do tratamento dificultou a deglutição dele. Então "a maconha ajudou nisso". O resultado, como enfatiza o artista, foi o "desejo terrível de cereal infantil" - com o qual ele saciou depois de comprar cerca de 20 caixas do produto. 

O músico revelou que estava com câncer de garganta em junho do ano passado, e o Megadeth precisou cancelar todos os shows do resto de 2019, inclusive a apresentação que fariam no Rock in Rio.

+++ LEIA MAIS: Por que a saída de Dave Mustaine do Metallica foi melhor para os dois?

Em setembro, Mustaine havia revelado que o tratamento estava no estágio final. No fim de outubro, David Ellefson, baixista do Megadeth, contou que o vocalista tinha terminado o tratamento


+++ MINHA PLAYLIST.... FRANCISCO, EL HOMBRE | ROLLING STONE BRASIL