Matrix era uma história sobre pessoas trans, revela criadora Lilly Wachowski

A diretora da saga cinematográfica revelou detalhes sobre a narrativa original dos filmes de ficção científica

Redação Publicado em 05/08/2020, às 07h39

None
Keanu Reeves como Neo (foto: reprod. Warner)

Lilly Wachowski revelou que Matrix, originalmente, era sobre uma pessoa trans. De acordo com informações do Gizmodo, a cineasta contou detalhes sobre a intenção inicial do filme e o impacto dele na sociedade para o canal Netflix Film Club

“Eu fico feliz que isso foi revelado, que essa era a intenção original. O mundo não estava preparado, em um nível corporativo… O mundo corporativo não estava pronto para isso”, disse a diretora.

+++ LEIA MAIS: Matrix: as maiores burradas de Neo, de Keanu Reeves, na franquia, segundo site

A saga cinematográfica, dirigida por Lilly e Lana Wachowski, que são mulheres trans, também tinha planos para a personagem Switch ser um homem no mundo real e uma mulher no Matrix, mas que a ideia não foi desenvolvida no filme. 

Lilly ainda falou que ficou muito feliz ao perceber o impacto positivo que o filme teve na comunidade LGBTQ+.  “Eu estou feliz que as pessoas estão falando sobre os filmes do Matrix com uma narrativa trans. Eu amo o quão significativo esses filmes são para pessoas trans e o jeito que elas vêm até mim e dizem: ‘Esses filmes salvaram minha vida’”, disse a cineasta. 

 +++LEIA MAIS: Os principais mistérios que Matrix 4 precisa explicar

Ela completou: “Porque quando você fala sobre transformação, especificamente no mundo da ficção científica - que é justamente sobre a imaginação - é como um mundo construído e uma ideia que parece impossível, se tornar possível”. 

Confira o vídeo completo de Lilly Wachowski para o Netflix Film Club


+++RAP, FUNK E PAGODE NA ENTREVISTA COM OROCHI: 'SOU ESSA MISTURA LOUCA' 


+++ PLAYLIST COM CLÁSSICOS DO ROCK PARA QUEM AMA TRILHAS SOBRE DUAS RODAS