Morrissey ‘artista’ redime Morrissey ‘pessoa’? Novo disco é aclamado; veja impressões

I Am Not A Dog On A Chain aparece para a crítica especializada como "o melhor disco do cantor em anos"

Redação Publicado em 25/03/2020, às 11h32

None
Morrissey (Foto: Marco Ugarte/AP Photo)

Na última sexta, 20, Morrissey lançou o 13º disco solo, intitulado de I Am Not A Dog On A Chain. O novo projeto é o primeiro material do ex-The Smiths desde Low in High School, lançado em 2017. 

Ao anunciar a produção, o músico revelou em comunicado à imprensa que o novo disco é "o melhor de mim... bom demais para ser verdade... verdadeiro demais para ser considerado bom".

+++ LEIA MAIS: Vídeo raro mostra versão ao vivo de ‘How Soon is Now’, dos Smiths, em 1986 - uma época em que era ok amar o Morrissey

Nos últimos anos, Morrissey se envolveu em uma série de polêmicas ao expor ideias políticas, e chegou a ser acusado de supremacista e nacionalista. Por isso, grande parte dos fãs se distanciaram um pouco da obra do artista - e do The Smiths- com o dilema da distância entre o artista e a obra. Neste novo projeto, porém, "Morrissey-artista derrota o Morrissey-pessoa", como elencou o El País.

Segundo a publicação, "há tempos o ex-líder do The Smiths não ajuda a salvar ninguém, muito menos seus fãs", mas "[o disco] é tudo o que gostávamos nele até mesmo quando começamos a duvidar dele". 

+++ LEIA MAIS: Guitarrista do The Smiths nega reunião da banda e ironiza posicionamento político de Morrissey

Para O Globo, em I Am Not A Dog On A Chain, "o controverso cantor dos Smiths volta com forte coleção de canções que trazem críticas à mediocridade dos tempos atuais, em prol de uma ‘verdade’ que os jornais não publicam". Além disso, pontua que o artista apresenta, em boa parte, "faixas fortes, sedutoras e de sonoridade moderna". 

Enquanto para a crítica internacional, como a Pitchfork, o disco é "levemente cativante, ocasionalmente repetitivo e frequentemente ridículo". A publicação ainda enfatiza que "é repleto de momentos bobos que surgem do escoamento superficial de um homem ansioso para perseguir misérias antigas e buscar novas para repreender".

Para o NME, "é melhor disco [do cantor] em anos, se você conseguir ignorar as opiniões dele". Segundo o veículo, I Am Not A Dog On A Chain é uma perspectiva intrigante "até para os fãs mais cansados do Smiths". 

+++ LEIA MAIS: Discurso de Donald Trump ganha versão musical inspirada em The Smiths e Ramones; ouça

O Chicago Suntimes compartilha da mesma opinião ao pontuar que "Morrissey mantém fiel a si mesmo no melhor álbum em anos". No disco, o músico experimenta o rock progressivo, uma guitarra espanhola e um interessante coral.

Com 11 faixas, o disco contém uma das melhores músicas de Morrissey em anos e funciona como um guia para uma mente tão controversa. "É um disco cheio de aventuras e que abalam o esteriótipo sombrio do cantor", conclui o Chicago Suntimes.

I Am Not A Dog On A Chain está disponível em todas as plataformas digitais. 

Veja abaixo o setlist:

01. Jim Jim Falls
02. Love Is On Its Way Out
03. Bobby, Don’t You Think They Know?
04. I Am Not a Dog on a Chain
05. What Kind of People Live in These Houses?
06. Knockabout World
07. Darling, I Hug a Pillow
08. Once I Saw the River Clean
09. The Truth About Ruth
10. The Secret of Music
11. My Hurling Days Are Done

 

+++ CORONAVÍRUS: DEVEMOS REALMENTE CANCELAR SHOWS E EVENTOS?