Música ‘Stairway to Heaven’, do Led Zeppelin tem mensagem satânica? Entenda teoria

Considerados ícones do rock, o grupo também foi acusado de induzir fãs ao satanismo na década de 1980

Redação Publicado em 21/02/2020, às 15h15

None
Led Zeppelin em 1968 (Foto: Reprodução/ Instagram/Jørgen Angel)

Há décadas existe uma lenda acerca do rock: para alguns cristãos e conservadores, o gênero instiga o uso de drogas e induz as pessoas ao satanismo. E o Led Zeppelin, uma das bandas mais influentes da indústria, não ficou fora desses rumores. Ironicamente, a música mais popular do grupo é "Stairway to Heaven", uma balada de rock com uma composição leve. 

Mas, segundo uma famosa lenda urbana propagada por Michael Mills, a faixa apresenta uma mensagem oculta quando cantada ao contrário. Em 1981, o ministro afirmou que a música possui as seguintes frases "mestre Satanás", "sirva-me" e "não há como escapar disso". Segundo ele, essas supostas mensagens podiam ser absorvidas pelo subconsciente das pessoas. 

+++ LEIA MAIS: 5 bandas que surfaram na popularidade de outras - e, sim, tem Greta Van Fleet na lista

Enquanto um evangelista chamado Paul Couch teve uma interpretação um pouco diferente da música, segundo a Rolling Stone EUA. Para Couch, as letras invertidas passavam a seguinte mensagem: "Aqui está o meu doce Satanás / O poder é do Satanás". Mas isso é verdade?

+++ LEIA MAIS: Qual o disco do Led Zeppelin favorito de Robert Plant? E os melhores solos de bateria, guitarra e baixo na opinião dele?

Para alguns ouvintes, "Stairway to Heaven" soa como a suposta letra dita por Couch quando tocada ao contrário. Porém, o próprio Robert Plant, vocalista do Led Zeppelin descartou essas alegações.

"Quem na Terra já pensou em fazer isso? Você precisa ter muito tempo livre para considerar que as pessoas fariam isso". Para a Rolling Stone EUA, "qualquer palavra ouvida em 'Stairway to Heaven' quando tocada ao contrário é apenas uma coincidência". 

+++ LEIA MAIS: Jimmy Page queria a volta do Led Zeppelin, mas a banda aprendeu "uma dura lição nos anos 1980"

Porém, muitos alegaram que a pessoa convertida ao satanismo não era Plant, e sim, Jimmy Page. Para os adeptos às essas teorias, Page era um adorador do diabo. Na época, o guitarrista estava apenas interessado pelas teorias de Aleister Crowley, mas isso não significa que ele seguia o satanismo. 

Ao considerar que o Led Zeppelin foi uma das bandas mais icônicas de rock de todos os tempos. Faz sentido que eles tenham inspirado um dos rumores duradouros como esses. 

Ouça a música abaixo:

 


+++ SESSION ROLLING STONE: RUBEL TOCA MANTRA