Paul Stanley desabafa sobre idade e fim do Kiss: ‘Não podemos continuar fazendo isso por muito mais tempo’

O vocalista contou sobre o desejo de realizar um show para ficar eternamente na memória dos fãs

Vitória Campos (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 07/05/2021, às 19h08

None
Paul Stanley (Foto: Paul Kane/Getty Images)

Desde 1973, o Kiss é um dos nomes mais conhecidos do rock. Contudo, o vocalista Paul Stanley alertou sobre o fim da banda estar próximo: “Simplesmente não podemos continuar fazendo isso por muito mais tempo.” As informações são do Classic Rock

Devido a pandemia de Covid-19, o grupo ficou um ano sem se apresentar, mas retornaram com um show online em Dubai. Paul Stanley ficou feliz em estar de volta aos palcos, mas não descartou a ideia do Kiss acabar em breve. 

+++ LEIA MAIS: Como a vida nos palcos afetou a saúde de Paul Stanley, do Kiss?

“Embora antes não fosse, a idade agora é um fator. Antigamente era sobre vontade, mas agora estamos correndo no palco usando 22 quilos de equipamento,” explicou Paul Stanley sobre o motivo de um possível fim da banda. 

Além disso, o vocalista afirmou não pensar em lançar novas músicas: "Na maior parte, quando bandas clássicas lançam novos álbuns, eles são olhados, ouvidos e jogados.”  

+++ LEIA MAIS: Paul Stanley diz que não há motivo para o Kiss fazer músicas novas: 'Fãs querem as antigas'

No entanto, o Kiss não pretende acabar sem uma despedida. O vocalista contou a Dave Ling, do Classic Rock, sobre o desejo de fazer um show durante o Download Festival2022 no Reino Unido. Não seria só uma apresentação normal, mas para ficar eternamente na memória dos fãs. 


+++ MV BILL: 'A GENTE TEM A PIOR POLÍTICA DE GOVERNO PARA O PIOR MOMENTO' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL