Por que Hayley Williams não quer ‘Misery Business’ do Paramore em playlist feminista?

A música foi lançada no disco Riot! em 2007

Redação Publicado em 13/03/2020, às 18h24

None
Hayley Williams é a líder e vocalista do Paramore. (Foto: Legacy)

O Spotify inseriu "Misery Business", lançada pelo Paramore no álbum Riot!(2007), em uma lista de reprodução chamada "Women of Rock"(Mulheres do Rock, em português). No entanto, Hayley Williams disse que a faixa não pertence a essa categorização - e o motivo tem relação com a letra da música. As informações são do Loudwire.

+++ LEIA MAIS: Hayley Williams fala sobre futuro de Paramore: "não sei realmente o que está por vir"

Em 2018, a banda removeu a canção - uma das mais famosas do grupo - dos shows ao vivo "por um tempo muito longo". Williams justificou a atitude do grupo: "Essa é uma escolha feita porque pensamos que deveríamos. Parece a hora de nos afastarmos por um tempo". 

O motivo é a letra da música, cujos versos incluem a frase "Uma vez prostituta, você não é mais nada / desculpe, isso nunca mudará".

+++LEIA MAIS: 11 bandas de rock com vocal feminino para você ouvir no Dia Internacional da Mulher: The Runaways, Paramore e mais

Segundo o NME, o assunto estava encerrado até o Spotify inserir canções do grupo na playlist feminista "Mulheres do Rock". Apesar de ter gostado de "Simmer" ter sido incluída, Hayley Williams não gostou de "Misery Business" constar na lista. 

Nos stories do Instagram, Williams falou sobre o ocorrido: "Sei que é uma das maiores músicas da banda, mas não deve ser usada para promover nada relacionado ao empoderamento ou à solidariedade feminina".

+++LEIA MAIS: Hayley Williams fala sobre depressão: ‘Meus cachorros são a razão de eu estar viva’

A cantora continuou: "Estou tão orgulhosa da carreira do Paramore, não se trata de vergonha. É sobre crescimento e progressão… E, embora seja sempre a favorita dos fãs, não precisamos incluí-la em novas listas de reprodução em 2020"

A faixa foi removida da lista da playlist. 


+++ SESSION ROLLING STONE BRASIL: DELACRUZ - ANESTESIA