Pulse

Queen, Legião, Raul Seixas: “dinossauros” do rock lideram pesquisas na internet do Brasil em 2019

Raul Seixas, Lulu Santos, Pink Floyd e Beatles são outros dos que apareceram no topo da lista

Redação Publicado em 13/07/2019, às 18h00

None
Raul Seixas e Queen (Fotos: Divulgação)

Descobrimos quais são os maiores discos dos últimos anos de sucesso dos passados, e eles pertencem, aqui no Brasil, a Queen, Legião Urbana e Raul Seixas. 

Segundo uma pesquisa requisitada pelo iG Gente ao Google nesta semana, os termos relacionados a rock mais digitados no site de buscas são todos de artistas antigos, que fizeram sucesso na década de 1980.

+++ LEIA MAIS: De Beatles e Led Zeppelin a Nirvana e Strokes: os 24 momentos que mudaram a história do rock 

Queen”, o principal deles, foi a palavra mais buscada em todos os estados. Para o segundo lugar do ranking, há concorrentes: “Raul Seixas” é a lanterna, levando medalha de prata em buscas em quatro estados brasileiros. Depois, “Legião Urbana” em nove estados e “Freddie Mercury” em 14 estados, e foi unânime no Sul e no Sudeste. No terceiro lugar na lista de termos mais buscados por estado, aparecem nomes de outros “dinossauros” do rock: Lulu Santos, Elvis Presley, Pink Floyd e Os Beatles, embora a maioria seja apenas uma alternância dos termos que apareceram em segundo lugar. 

O sucesso, porém, não vem à toa. Queen e Freddie Mercury ganharam um impulso que ainda não teve fim com o lançamento de Bohemian Rhapsody, cinebiografia da banda, no final de 2018. As vendas aumentaram, a banda alcançou topo das paradas no mundo inteiro e o filme ajudou até a aumentar o consumo de discos de vinil!

+++ LEIA MAIS: 30 anos sem Raul Seixas; relembre sua carreira em videoclipes 

Já nas músicas brasileiras, o sentido de Legião Urbana e Raul Seixas encabeçarem a lista é, assim como as suas canções, histórico. No caso de Raul Seixas, ele é um dos maires rostos do rock brasileiro. E Legião, além de seu peso da história nacional da música, carrega também a lembrança de músicas políticas e de indignação que todos os brasileiros sabem de cor. 

Então, “Que País É Esse”, “Índios”, “Tempo Perdido” e várias, várias outras, embora tenham sido compostas há décadas atrás, passam a se encaixar no panorama político extremamente conturbado e polêmico do Brasil atual - e músicas escritas como uma indignação contra a Ditadura Militar são lembradas. 

+++ LEIA MAIS: Os 10 vídeos de rock preferidos dos brasileiros no YouTube 

A pesquisa também percebeu que as regiões alteram o tipo de pesquisa: Sul e Sudeste optaram majoritariamente por artistas internacionais - enquanto o Norte e o Nordeste dão mais valor à cena nacional. Já o Centro-Oeste é bem misto. 

+++ VÍDEO: Di Ferrero escolhe os melhores de todos os tempos: de Metallica a Charlie Brown Jr.