Relembre o show do The Doors em que Jim Morrison foi preso por incitar o nudismo

A performance em Miami, Flórida, marcou o declínio da banda na década de 1970

Redação Publicado em 11/05/2020, às 13h19

None
Jim Morrison deixa o tribunal em Miami, Flórida, em 30 de outubro de 1970 (Foto: AP Images)

No dia 1º de março de 1969, Jim Morrison realizou a performance mais controversa de sua carreira, marcando o fim do The Doors. Foi uma performance que, simplesmente, "descarrilou a banda.”

Naquele mesmo ano, Morrison havia se tornado um ícone do movimento contracultural e alvo dos jornalistas e do público. A pressão da mídia pesava sobre o cantor norte-americano.

Morrison, que bebeu o dia inteiro e perdeu o vôo para Miami, chegou mais de uma hora atrasado para o show, enquanto a plateia ficava cada vez mais impaciente. Também circulavam rumores de que o local, que era antigo e sem ar-condicionado, foi superlotado para aumentar a venda de ingressos. 

+++LEIA MAIS: De ícone sexy a inimigo público nº 1: a trajetória de Jim Morrison, do The Doors

O cantor e poeta, já conhecido pelos comentários selvagens e ultrajantes ao vivo, ficou entediado durante uma performance de “Break On Through”, desviando-se da música para conversar com a multidão. “Vocês são todos um monte de idiotas”, ele gritou no microfone. “O que vão fazer sobre isso?”

Cada vez mais exaltado, Morrison ordenou que a plateia se juntasse a ele no palco antes que a polícia interviesse. Até hoje, o motivo pelo qual Morrison se despiu e expôs seu pênis à multidão ainda é discutido ferozmente. Certa vez, o chefe de equipamentos Vince Treanor tentou esclarecer o ocorrido, lembrando que “alguém pulou e derrubou champanhe em Jim, de modo que ele ficou encharcado e resolveu tirar a camisa.”

Foi nesse momento que Morrison disse: “Vamos ver um pouco de pele, vamos ficar nus”, enquanto as pessoas tiravam a roupa. 

+++ LEIA MAIS:  Jimi Hendrix toca 'Hey Joe' e 'Purple Haze' em apresentação icônica de 1967; assista

Alguns ainda afirmam ter ouvido: “Vocês não vieram aqui pela música, não é? Vocês vieram aqui por algo a mais, não é? Vocês não vieram pelo rock 'n' roll, vieram por outra coisa, não é? Vocês vieram por outra coisa - o que é? Vocês querem ver meu p***, não querem? Foi por isso que vocês vieram, não é? Sim!”

Eventualmente, Morrison disse à revista Circus que ele estava cansado da imagem que criaram sobre ele, com a qual ele cooperava. “Foi demais para engolir, então eu acabei com isso de uma maneira gloriosa.”

No dia 5 de março, as autoridades locais emitiram um mandado de prisão contra Morrison por ter "deliberadamente exposto seu pênis" no palco, simulando sexo oral com o guitarrista Robby Krieger. Um extenso julgamento o considerou culpado e Morrison foi condenado a seis meses de prisão. Após uma fiança de US$ 50 mil, ele deu início ao processo de apelação e partiu com o The Doors para finalizar seu aclamado álbum LA Woman.

 


+++ O TERNO | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL