Scottie Pippen revela frustração com documentário Arremesso Final da Netflix: ‘Não me agradou’

Ex-jogador do Chicago Bulls entrou em contato com Michael Jordan para expressar opinião

Redação Publicado em 23/12/2020, às 12h00

None
Scottie Pippen no trailer de Arremesso Final (Foto: Reprodução/Youtube)

O ex-jogador de basquete Scottie Pippen, parceiro de Michael Jordan no Chicago Bulls, não ficou satisfeito com a série documental Arremesso Final (The Last Dance, em inglês), da Netflix, sobre os jogos do time na temporada de 1997 e 1998 e os dias de glória de MJ.

Em entrevista ao The Guardian, Pippen revelou a frustração com o resultado final do documentário. “Acho que não foi tão preciso em termos de realmente definir o que foi conquistado em uma das maiores eras do basquete, mas também por dois dos maiores jogadores - e podemos até mesmo deixar isso de lado e dizer o maior time de todos os tempos”, criticou o ex-jogador. “Não achei que essas coisas se destacaram no documentário”.

+++ LEIA MAIS: Ex-jogador da NBA Dennis Rodman deu uma canseira para participar de Last Dance sobre Michael Jordan: ‘Te dou 10 minutos’

Na opinião de Pippen, o documentário era apenas sobre Jordan “na tentativa de se elevar” enquanto jogador na época. A série documental, não por acaso, foi co-produzida produtora Jump 23, de Jordan. “Eu acho que também saiu pela culatra em algum grau, pois as pessoas tiveram a chance de ver que tipo de personalidade Michael tinha”, continuou o colega. “Eu disse a ele que não me agradou muito e ele aceitou. Ele disse, ‘Ei, você está certo’. Foi isso”.


+++ CYNTHIA LUZ: 'A GENTE PRECISA OUVIR A VOZ DAS PESSOAS' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes